A Palavra de Deus alcança guerrilheiros na Colômbia

| 15/11/2006 - 00:00


O texto abaixo conta como a Palavra tem alcançado corações de rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC):

O trabalho desenvolvido na zona de Macarena, região do Estado de Meta, no interior da Colômbia, tem alcançado resultados excelentes. Irmãos de várias igrejas reuniram-se para distribuir Bíblias e materiais bíblicos para os rebeldes, membros das forças armadas, e também para a própria Igreja, que sofre nessa área dominada pelo conflito.

Em meados de 2005, abriu-se uma pequena igreja na região de Macarena, interior da Bolívia. Em frente à igreja há um restaurante freqüentado por paramilitares. A proprietária do restaurante conheceu Cristo em um dos cultos da igreja, e ela e seu marido o aceitaram como Salvador.

A conversão deles abriu as portas para que os rebeldes ouvissem o Evangelho. Os donos do restaurante têm a oportunidade de visitar os rebeldes quando estão doentes, orar por eles e dar-lhes cópias da Bíblia. Quando os rebeldes se vêem em perigo, eles pedem proteção divina.

Um dia, os chefes paramilitares entraram no caminhão do casal proprietário do restaurante. O marido aproveitou a oportunidade para dar cópias da Bíblia para aqueles que ainda não tinham recebido uma.

Surpreendentemente, um deles abriu com ansiedade uma Bíblia. Seus olhos fixaram-se na página. Ele não parou de ler.

Depois de ler bastante a Palavra, aquele chefe pediu que orassem para ele tomar uma decisão por Cristo. A partir desse momento a Igreja começou a discipulá-lo.

O ex-guerrilheiro evangelista

Um desses líderes que se converteu com a palavra foi Omar Cadena, comandante da 27ª. frente das FARC.

Um dia um pastor se dirigiu a ele e lhe disse: "Pegue esse panfleto e leia". Omar retrucou: "Você não sabe que é proibido falar de Bíblia e de coisas do evangelho?". O ministro respondeu: "Se eu não falar, as pedras o farão".

Um pouco desconfortável com o papel em sua mão, Omar decidiu lê-lo para sua esposa naquela noite. Para sua surpresa, o conteúdo do papel tinha que ver com as necessidades mais profundas de seu coração. Sua esposa, também comovida pela mensagem, pediu que Omar deixasse o movimento revolucionário e começasse uma nova vida. Ela não teve resposta; no entanto, em poucos dias ele decidiu depositar sua fé em Jesus Cristo.

Sem dúvida, essa decisão causou-lhes problemas posteriores com as FARC. Para seus colegas de guerrilha, era muito estranho que Omar, de repente, não quisesse nada com a revolução. Ele costumava ser um dos mais entusiasmados do grupo.

Apesar de todas as conseqüências possíveis, inclusive sua morte, Omar renunciou às FARC. Não foram poucas as ameaças, e havia a pressão constante dos comandantes, seus ex-companheiros de guerrilha, que queriam enganá-lo com propostas sedutoras. Entretanto, esse ex-guerrilheiro disse não à revolução e agora se dedica a revolucionar a vida de outras pessoas com a mensagem de Cristo.

Vida restaurada

"Dou esse testemunho de uma vida perdida no abismo das trevas. Essa era minha vida quando servia a Satanás."

Com essas palavras, Arnulfo, ex-militante das FARC, começa a contar sua história de como Deus o salvou das fileiras subversivas, através da Palavra de Deus.

"Naquela época, eu estava dominado pelo mundo ímpio e gostava de fazer o trabalho do diabo. Tornei-me servo dele. Com o coração cheio de mentiras e de rancor pela minha família e pelas autoridades governamentais, aceitei o comunismo como a norma moral pela qual dirigiria minha vida.

Nas fileiras da guerrilha, tive ensinamentos sobre vingança e sobre como negar Deus. Segui isso por muitos anos."

Depois de conhecer a Palavra de Deus, a decisão de Arnulfo de seguir Cristo permaneceu forte. Ele até se tornou um líder da igreja. Contudo, essa persistência e constância em relação ao evangelho trouxeram-lhe sérios problemas com guerrilheiros da região.

Um dia, um comandante o chamou, com seus irmãos da igreja, para insultá-los e ameaçá-los. Arnulfo, sem pensar, reprovou-o em nome de Jesus. No mesmo instante, o comandante puxou a arma para responder a Arnulfo e aos outros crentes, pretendendo matá-los.

Arnulfo conta: "Os irmãos e eu unimo-nos para invocar o Senhor Jesus Cristo. Esse momento foi tão maravilhoso que o comandante ficou pálido, afastou-se e saiu".

Esses são alguns testemunhos de como a Bíblia tem sido eficaz mesmo em ambientes tão contrários, como as guerrilhas. Graças a Deus podemos experimentar o poder da Palavra de Deus que muda as vidas.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE