Cristãos que vivem em Gaza pedem oração pela Palestina

| 31/01/2006 - 00:00


Nos últimos dias, o mundo todo tem sua atenção voltada para o conflito entre Israel e Palestina, desde que o grupo islâmico Hamas venceu as eleições palestinas, em 25 de janeiro. A previsão é de que haja um retrocesso no conturbado processo de paz que as autoridades e mediadores tentam em vão estabelecer, praticamente desde a criação do Estado de Israel, em 1948.

Muitos cristãos vivem nessa região de conflito e, apesar da apreensão vivida com os acontecimentos recentes, eles continuam experimentando o cuidado diário de Deus e contando com as orações da Igreja espalhada pelo mundo.

A Portas Abertas recebeu de um pastor que atua em Gaza o seguinte relato:

"Queridos amigos,

Saudações de Gaza em nome do nosso Senhor Jesus Cristo.

Os últimos dias trouxeram muitas mudanças e surpresas para nossa região com relação à estrondosa vitória do Hamas nas eleições.

Acreditamos que os acontecimentos transmitem uma mensagem muito nítida para a Autoridade Palestina e para a Fatah. O povo da Palestina está farto da corrupção da Autoridade Palestina, porém, Israel também tem sua parte de responsabilidade pelo que aconteceu, porque nos últimos quatro anos eles destruíram a base estrutural da Autoridade Palestina, além de promover a divisão no seio da Fatah. Tudo isso desempenhou um papel importante nos acontecimentos relativos à eleição.

No momento realmente não sabemos o que acontecerá no futuro e não sabemos que tipo de governo teremos. Muitas pessoas estão preocupadas se teremos um governo islâmico que irá implantar leis islâmicas (usando a sharia) para governar nossa região.

Estamos bem, crendo e esperando no Senhor, certos de que Ele usará tudo que acontece ao nosso redor para cumprir sua perfeita e santa vontade nessa parte do mundo.

Hoje (27/1), às 17 horas, houve um pesado tiroteio aéreo em volta do Parlamento Palestino em Gaza, por cerca de uma hora e meia. O Parlamento é vizinho da igreja e temos o Awanna Club que funciona lá. Nesse horário havia, no local, 65 pessoas, 50 das quais eram crianças, mas agradecemos a Deus, que protegeu a todos e eles voltaram para casa em segurança.

Apesar de tudo isso, temos experimentando a paz e a presença de Deus nesse tempo de modo especial. Por favor, lembre-se de nós e de nosso país em suas orações."


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE