Governo nigeriano confirma desaparecimento de 110 meninas

Ainda não se sabe exatamente do número de cristãs entre elas, visto que Dapchi é uma cidade de maioria muçulmana

| 26/02/2018 - 00:00

Há suspeitas de que haveriam mais meninas cristãs entre as vítimas (Foto representativa por razões de segurança)

Há suspeitas de que haveriam mais meninas cristãs entre as vítimas (Foto representativa por razões de segurança)


No último sábado (24), divulgamos sobre o sequestro de meninas de um internato em Dapchi, no estado de Yobi, na Nigéria. Militantes do Boko Haram invadiram a escola e depois disso não se sabe o paradeiro das meninas. Nesta segunda-feira, o governo publicou uma notificação confirmando que 110 meninas continuam desaparecidas. No total, 906 meninas estavam na escola quando o ataque aconteceu na escola estadual. De acordo com a rede de TV britânica BBC, o presidente Muhammadu Buhari disse que o incidente foi um “desastre nacional” e pediu desculpas às famílias das meninas.

Dapchi é uma cidade dominada pelos muçulmanos, mas entende-se que havia meninas cristãs estudando na escola. Inicialmente, os relatos davam conta de que havia apenas uma aluna cristã sequestrada, mas ainda estamos tentando confirmar se há mais cristãs inclusas no novo número publicado hoje. Seja como for, essas meninas precisam das nossas orações. Vamos clamar pela intervenção do Senhor nessa situação. Interceda pela segurança das meninas sequestradas e para que Deus derrame sua graça, direcionando as autoridades sobre as medidas a serem adotadas.

Leia mais
Mais de 100 meninas desaparecem após ataque do Boko Haram

Leia também
Mais 7 mortos em ataques de pastores de cabras fulanis
Fulanis atacam aldeias cristãs indiscriminadamente
Novos ataques de fulanis a cristãos atingem 14 aldeias


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE