Extremistas atacam cristãos durante celebração de batismo

| 14/11/2014 - 00:00


14_Bangladesh_0310100097

Os muçulmanos chamaram a polícia e pediram pela prisão dos cristãos. Em seguida, foram feitas acusações contra os dois pastores, de converter muçulmanos, oferecendo-lhes dinheiro.

""A polícia deteve os cristãos a noite toda"", disse uma fonte local da Portas Abertas. ""Todos os cristãos negaram veementemente as acusações”.

Eles foram libertados na manhã seguinte, mas Haidar e Arif foram mantidos sob custódia. Com a ajuda de um advogado, os pastores entraram com um pedido de fiança, mas lhes foi negado. A primeira audiência do caso está marcada para 17 de novembro.

Segundo a mesma fonte, ""o oficial responsável afirmou que não pode liberar os pastores por causa da pressão de líderes islâmicos"". O caso foi encaminhado ao tribunal distrital.

Ore pelo advogado que será designado para representar Haidar e Arif. Peça também pelos pastores e suas famílias, para que permaneçam firmes em sua fé em Jesus.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE