Entenda a situação das famílias do Chibok

| 19/12/2015 - 00:00


19-nigeria-0270100150

Depois de passar um tempo com os pais das meninas raptadas pelo Boko Haram, um dos analistas de perseguição da Portas Abertas, responde a algumas perguntas para que os intercessores entendam melhor a situação e intensifiquem suas orações em favor delas.

""Até hoje, muitos não entendem como se deu o momento do sequestro. Homens do Boko Haram entraram na escola do Chibok vestidos de soldados nigerianos, dizendo que a cidade estava sendo invadida, por isso as meninas seguiram suas ordens, deixaram a escola rapidamente e entraram nos carros que estavam estacionados do lado de fora. Então eles incendiaram os prédios e partiram para dentro da floresta Sambisa"", explica o analista.

""Os pais afirmam que havia 275 meninas na escola, sendo que 228 foram levadas e 47 conseguiram escapar. Até hoje não houve nenhuma notícia confiável sobre elas. Muitos jovens e crianças foram levados para longe do Chibok com medo de mais sequestros. Os pais das meninas vivem sob intensa pressão e pelo menos 18 deles já morreram de doenças relacionadas ao estresse dessa situação. Os que são cristãos estão buscando refúgio em Deus e se declaram firmes na fé. Vamos orar por todos eles"", conclui o analista.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE