Do desespero à esperança

Conheça o testemunho de Wasihum e Bachu, cujo pai foi assassinado por causa da fé cristã

| 30/05/2018 - 00:00

Wasihun, menino cristão da Etiópia, brincando em evento de adolescentes e jovens promovido pela Portas Abertas. Bachu, sua irmã, também esteve presente

Wasihun, menino cristão da Etiópia, brincando em evento de adolescentes e jovens promovido pela Portas Abertas. Bachu, sua irmã, também esteve presente


A família de Wasihum e Bachu era a única família cristã de um vilarejo em uma região remota da Etiópia. Eles eram constantemente insultados e ameaçados, pois se recusavam a voltar à religião tradicional de seu povo. O pai deles, Motuma, sempre tentou explicar para os moradores do vilarejo, em amor, que eles não podiam mais participar de seus rituais. No entanto, eles nunca entenderam, e acabaram o matando.

Desde 2013, quando Motuma foi assassinado, a Portas Abertas acompanha a família. Recentemente, visitamos seu vilarejo novamente. Logo após nossa visita, Wasihum e sua irmã Bachu participaram de um evento de jovens da Portas Abertas. Lá puderam conhecer outros jovens e adolescentes que experimentaram a dor da perseguição, e também se divertir, rir, estudar a Bíblia e compartilhar suas experiências.

Desta vez, quem compartilha conosco é Bachu: “Eles mataram meu pai porque ele era cristão. Eles queriam que meu pai seguisse os rituais como eles, bebesse como eles, e se comportasse como eles, mas ele se recusava. Ele amava a palavra, e amava muito a Deus. Após sua morte, eu desisti de viver. Mas começamos a receber ajuda. O Senhor se lembrou de nós e tem suprido nossas necessidades. Nossa vida mudou com o apoio da Portas Abertas. Eu quero servir a esse Deus, que me ajudou quando estava no deserto. Vou servi-lo a qualquer preço. Eu deixaria tudo para pregar seu amor. Eu quero ir para o seminário e estudar para ser uma pregadora. Quero testemunhar de tudo que ele fez na minha vida, o quão maravilhosos seu amor e cuidado são – vou pregar só sobre isso”, diz a menina.

Ore pela família de Wasihum e Bachu, para que continuem experimentando o cuidado e a paz do Senhor, caminhando com ele a cada dia. Que sejam totalmente curados de qualquer trauma.

Leia também
"Eu teria caído se vocês não tivessem escolhido nos ajudar"
Cumprindo o ministério recebido no Senhor
Como vivem viúva e filhos de cristão morto por sua fé


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE