Cristãos somalis permanecem firmes em Cristo no Chifre da África

Apesar de perseguição, ridicularização, isolamento e agressões, Hassan e Omar, cristãos somalis, mantêm sua fé

| 19/02/2019 - 00:00

Hassan, cristão somali, compartilha sobre como conheceu a Cristo por meio de seu pai e os desafios enfrentados por ser cristão

Hassan, cristão somali, compartilha sobre como conheceu a Cristo por meio de seu pai e os desafios enfrentados por ser cristão


Hassan*, é um cristão somali do Chifre da África que seguiu ao Deus do pai analfabeto, Omar*. Isso aconteceu após observar como Jesus se apresentou ao pai por meio de visões, o salvou e permitiu que permanecesse firme na fé apesar da ridicularização, isolamento e agressões. “Meu pai abriu mão da família, parentes e comunidade por este Deus. Esse Deus, fez um pastor analfabeto se manter firme em meio à perseguição. Não importa quão difícil era a situação, quão rejeitado ele se sentia, meu pai continuava agarrado a Cristo. E era aquela vida que eu queria. Aquele era o Deus que eu queria acreditar. Aquele era o tipo de Deus que eu precisava”, conta Hassan.

Depois que se tornou seguidor de Jesus, Hassan também enfrentou uma rejeição dolorosa de seus parentes e comunidade. Um simpatizante possibilitou que frequentasse uma boa escola, onde poderia continuar seguindo a Cristo, embora discretamente. “Embora quisesse dizer ao mundo que sou cristão, eu não fiz por temer por minha vida. Mas Deus fez possível que eu sobrevivesse ao isolamento. Quando Jesus morreu pela humanidade, também morreu por mim. Agora, quando uma porta se fecha, eu sei que outra vai se abrir. Quando perco alguma coisa, sei que também ganho alguma coisa”, explica.


Agora Hassan já completou sua educação. Enquanto tenta conseguir um emprego, voltou para a cidade do pai, onde os dois cristãos somalis compartilham uma casa pequena e sobrevivem de trabalho braçal. As coisas não são fáceis para eles. O isolamento continua. A comunidade continua punindo Omar por seu cristianismo e se recusando a fazer negócios com ele, o forçando a viajar para comprar suprimentos e mantimentos. Para piorar as coisas, Omar machucou seu braço no trabalho, e isso tem causado muita dor e frustração. Apesar disso, espiritualmente, os dois continuam persistentes ao enfrentar os muitos desafios, continuando a dar testemunho de Cristo em um ambiente muito hostil.


A Portas Abertas dá assistência a esses cristãos somalis e, por meio da igreja local, tem apoiado Hassan em seus gastos com os estudos, além do suporte físico, emocional e social. Ele também participa de treinamento de discipulado. Omar também é auxiliado com apoio espiritual e prático (comida, abrigo, remédios, etc).

*Nomes alterados por segurança.

Pedidos de oração

  • Agradeça ao Senhor pela fé de Omar e Hassan.
  • Ore para que esses cristãos somalis experimentem diariamente a presença de Deus e encorajamento enquanto vivem para ele, apesar da hostilidade da comunidade.
  • Peça ao Senhor que continue provendo para suas vidas.

Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE