Cristãos são deslocados devido à guerra em Mianmar

Muitos deles são abrigados por igrejas, mas outros vão para florestas ou acampam a céu aberto, passam fome e chegam a morrer

| 09/05/2018 - 00:00


A contínua guerra civil entre as tropas do governo de Mianmar e do Exército Nacional de Kachin (um grupo étnico armado) parece nunca ter fim, preocupando a população. Milhares de moradores de áreas devastadas pela guerra estão abandonando suas casas para salvar suas vidas. Um pastor e sua esposa que participam de um curso para casais nos contam que há 85 cristãos deslocados abrigados em sua igreja, sem saber quando podem voltar para casa.

Outros dois contatos que participam de nossos treinamentos disseram que todas as igrejas da região estão abrigando cristãos deslocados. “As igrejas locais estão fazendo o possível para acomodar os cristãos que estão fugindo das zonas de guerra. Elas doam comida e outros itens de necessidade básica”, afirmam. O preço das mercadorias está cinco vezes mais alto.

A atual situação é que os civis em zonas de guerra não são autorizados a entrar nas grandes cidades e as pessoas que não estão em zonas de conflito também não podem sair de suas cidades. As ruas foram isoladas com fios e soldados do governo birmanês estão de plantão. Nas zonas de guerra, os civis são ameaçados de morte se não deixarem suas casas e muitas casas são queimadas pelos soldados do governo.

De acordo com um contato local, muitos civis da área afetada pelo conflito (Alto Chindwin e a fronteira com a China) não são aceitos nos acampamentos de pessoas internamente deslocadas, então acampam a céu aberto. Alguns se escondem na floresta, onde enfrentam fome e doenças devido à escassez de alimento. Centenas já perderam a vida.

Jovens de áreas não afetadas pela guerra fizeram um protesto pelo fim da guerra em vários lugares. A presença de ONGs em Kachin é rara devido à proibição das autoridades locais e do governo, mas a Portas Abertas consegue enviar alimento através de um pastor parceiro.

Pedidos de oração

  • Clame pela proteção e segurança dos cristãos deslocados.
  • Ore para que as igrejas não fiquem desanimadas, mas permaneçam firmes na fé para poder ajudar os cristãos afetados pela guerra.
  • Interceda pelo fim da guerra e por paz entre o governo de Mianmar e o Exército Independente de Kachin, e que assim as pessoas possam voltar para suas casas.
  • Ore especificamente pelos jovens, que por ficarem muito tempo sem ir à escola e sem trabalho, podem perder o sentido da vida.

Leia também
Família birmanesa é rejeitada por ser cristã
Como um pastor alcançou uma aldeia para Cristo
Nacionalismo extremista é fonte de perseguição


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE