Cristão turcomeno é multado por ler a Bíblia em casa

Mesmo sendo contra a lei, cristão é multado por praticar a fé cristã em sua própria casa

O Turcomenistão é um país localizado na Ásia Central. Ali, a maioria da população é muçulmana – predominantemente sunita. No entanto, seria errado chamar o Turcomenistão de um país muçulmano, já que cerca de 70 anos de ateísmo durante a era soviética deixaram uma profunda influência. Porém, a perseguição é severa e a nação está na 19º colocação na Lista Mundial da Perseguição 2018.

Na semana passada, o líder cristão ex-muçulmano, Akhmad* compartilhou com a Portas Abertas que foi multado apenas por ler sua Bíblia em casa. Um policial local veio a sua casa e disse que pegaria informações de seu passaporte, foi aí que ele viu a Bíblia e multou o cristão pela posse do livro.

Quando Akhmad começou a contestar que a atitude do policial era contra a lei, porque o código do Estado turcomano permite que pessoas cristãs leiam sua Bíblia em casa, o policial respondeu que ele deveria ler a Bíblia na igreja, mas não manter o livro em sua casa.

*Nome alterado por segurança.

Pedidos de Oração

Leia também
Cristão secretos presos no Turcomenistão
Igrejas evangélicas não recebem registro