Cristão é sequestrado a caminho de Alarixe, no Egito

Por ser o único passageiro cristão, Adeeb foi tirado do ônibus e levado por homens armados

Na última sexta-feira,18 de janeiro, o cristão Adeeb Yassa, de 55 anos, foi sequestrado de um ônibus por homens armados e levado a um lugar desconhecido no Egito. Os homens armados pararam o ônibus, que estava a caminho da cidade de Alarixe, no deserto do Norte do Sinai, e checaram os documentos de identidade de cada passageiro.

Quando descobriram que Adeeb Yassa era cristão, porque há um campo para designar a religião na carteira de identidade dos egípcios, eles o tiraram do ônibus e o levaram em seu veículo de tração nas quatro rodas. Desde então, o cristão não foi mais visto.

Adeeb Yassa havia fugido de Alarixe dois anos antes devido ao aumento da pressão contra cristãos e vivia como um deslocado interno em outra parte do país. Ele esperava que pudesse voltar para fazer uma rápida visita em segurança para verificar o andamento de alguns negócios pessoais lá. Os passageiros muçulmanos puderam seguir viagem e informaram à família de Adeeb sobre o ocorrido. Adeeb não é casado.

Pedidos de oração

Leia também
Drama e encorajamento
Cristã egípcia vítima de ataque faz cirurgia na Alemanha
Onze homens serão julgados por ataque a coptas