Cristão cumpre pena de 2 anos por seguir a Cristo

| 25/11/2016 - 00:00


25-cazaquistao-posto-policial

Yklas Kabduakasov é um cristão cazaque que está cumprindo uma pena de 2 anos. Em agosto de 2014, ele foi preso por supostamente “incitar o ódio” em seu país, praticando uma “religião extremista”, no caso o cristianismo, e por “distribuir materiais religiosos ilegalmente”. Yklas tem 54 anos, é casado e tem 8 filhos. Atualmente, sua família vive da ajuda de outros cristãos.

“É tão óbvio que o caso do Yklas foi ‘fabricado’ pelos policiais. Segundo as investigações tendenciosas, ele estava em um apartamento alugado em Astana, capital do país, onde realizava palestras para estudantes de uma Universidade e ali ‘incitou o ódio’ contra o islamismo. Ele é conhecido como uma pessoa sincera e piedosa e também era um bom trabalhador”, comenta um dos colaboradores da Portas Abertas.

Ainda segundo o colaborador, Yklas era ex-boxeador, trabalhava como segurança em um canteiro de obras e era um fiel seguidor de Cristo. “Enquanto trabalhava, ele distribuía materiais evangelísticos e pregava o evangelho. Ao que parece, alguma pessoa do governo ‘não gostou’ de suas ações e o denunciou”, diz. Interceda por ele e pela igreja no Cazaquistão. 

Leia também
Igreja está atenta às mudanças no governo target=_blank>Igreja está atenta às mudanças no governo
Presos por divulgar o evangelho target=_blank>Presos por divulgar o evangelho


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE