Conheça alguns destaques do DIP 2018

Igrejas despertadas e vidas tocadas a se envolverem mais com os cristãos perseguidos

| 28/05/2018 - 00:00

DIP 2018 mobilizou mais de 9.300 igrejas em oração pela Índia

DIP 2018 mobilizou mais de 9.300 igrejas em oração pela Índia


A 30ª edição do Domingo da Igreja Perseguida aconteceu neste domingo em mais de 9 mil igrejas em todo o Brasil. Juntos, foram mais de um milhão de brasileiros orando pela Índia. Confira a notícia que demos durante o domingo sobre algumas igrejas que realizaram o evento pela manhã. Somos pessoas de oração e cremos que nossas orações fazem toda a diferença na vida dos nossos irmãos que são perseguidos por crer em Jesus.

Na Igreja Batista no Parque América, o DIP foi organizado por Letícia, de 18 anos. Ela diz que, apesar de todo trabalho, foi gratificante. Ela destaca o envolvimento da igreja como algo positivo, assim como o ato simbólico que fizeram com Brasil e Índia se abraçando, além da presença do secretário-geral da Portas Abertas, Marco Cruz, que ministrou a palavra. O DIP também impactou a vida do pastor Ricardo, que encoraja outros pastores a conhecerem a causa da Igreja Perseguida, porque assim vamos “saber como orar, tendo um alvo certo”, disse.

A Comunidade Bíblica do Calvário, no bairro de Rio Bonito, realiza o DIP há alguns anos, desde o início de suas atividades. A edição de 2018 começou com uma manhã de oração dedicada a compartilhar dados e trazer os testemunhos dos cristãos perseguidos da Índia abordados na Revista Portas Abertas. Depois do culto, foi realizado um almoço com a renda revertida para os projetos que apoiam a Igreja Perseguida. "Atividades como o DIP mobilizam a igreja local a manter-se interessada no que acontece além dela mesma, fortalecem a generosidade e abrem o coração das pessoas para isso. É algo que fazemos em um dia, mas este coração deve se estender para o ano inteiro", comentou Marcos Arrais, pastor da comunidade paulistana.

Na Igreja Cristã Evangélica do Jardim Clarice, o culto da noite foi marcado por vários momentos de intercessão pela Índia. Na entrada do culto, cada irmão recebeu o nome de um cristão indiano e depois puderam ler mais informações sobre eles e pedidos de oração baseados no livreto “30 dias de oração pela Índia”. Então, em grupos, a igreja orou por esses cristãos. Os jovens, adolescentes e crianças apresentaram uma peça sobre a vida da jovem Reena, cristã perseguida, cuja história contamos na revista de maio e nas notícias do site.

Os pastores da Primeira Igreja Evangélica do Cambuci foram missionários na Índia. Eles aproveitaram o DIP para compartilhar sobre seu ministério lá. Houve a apresentação de um coral vestido com as cores da bandeira da Índia e também explicação sobre a Igreja Perseguida e o trabalho da Portas Abertas. Eles montaram um cantinho com decoração indiana e muitas pessoas estavam caracterizadas para contextualizar o ambiente.

Agradecemos a todas as igrejas que participaram do DIP. Sem dúvida, um dia que fará toda a diferença para nossos irmãos indianos. Você pode ver mais e acompanhar tudo o que aconteceu no DIP nas nossas redes sociais.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE