Como a situação do país se reflete na vida dos cristãos

Em sua ação, militantes mataram soldados e agentes da ONU e fecharam escolas, dificultando a vida dos cristãos

| 13/03/2018 - 00:00

Ore pela situação dos cristãos perseguidos do Mali

Ore pela situação dos cristãos perseguidos do Mali


A contínua instabilidade na região central do Mali está tornando a vida difícil para os cristãos que vivem ali. A Bloomberg – empresa de tecnologia e dados para o mercado financeiro e agência de notícias operacional com sede em Nova York – recentemente publicou um relatório que busca explicar as circunstâncias com as quais nossos irmãos e irmãs são confrontados no Mali. Nos próximos dias, vamos acompanhar a análise feita sobre a situação do país.

Quando militantes islâmicos vieram para a escola da aldeia e ameaçaram matar os professores se não fossem embora, Moussa Diallo não ficou surpreso. “Eles já estiveram nas aldeias próximas e disseram que não querem mais escolas francesas, mas escolas corânicas (escolas que ensinam o islamismo)”, disse Moussa, um professor de 33 anos.

Quase 400 escolas foram fechadas no centro do Mali desde que os militantes islâmicos expandiram a área de atuação do deserto norte, onde se estabeleceu após uma insurgência em 2012, a direção às regiões mais densamente povoadas de Segu e Mopti. Soldados e membros da missão de paz da ONU foram mortos em emboscadas em uma área cuja população é de 6 milhões. Hoje há mais ataques nas regiões de Mopti e Segu do que nas cinco regiões do norte juntas.

Embora haja cinco anos desde que uma intervenção militar francesa anulou a revolta no norte do Mali – que foi alimentada pelo colapso do governo na Líbia –, o crescente número de ataques nas regiões centrais destaca a instabilidade da nação da África Ocidental. Além de se espalhar para países vizinhos, a campanha de violência e intimidação está ganhando apoio localmente por parte daqueles que se sentem marginalizados por um governo que eles julgam como “ineficaz”. Interceda pela situação do país e dos nossos irmãos malianos.

Leia também
Jihadistas atacam várias igrejas no centro do Mali
Como vivem os cristãos no Mali


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE