Boko Haram decepa orelhas de mulheres em Camarões

Em ataque a aldeia cristã, oito mulheres foram feitas reféns; não se sabe se todas já foram libertadas

[Atualizado em 02 de outubro de 2019]

Relatos dão conta de que militantes do grupo extremista Boko Haram deceparam as orelhas de algumas mulheres em um ataque de madrugada no vilarejo cristão de Kalagari, no extremo norte de Camarões, na última segunda-feira, 29 de julho. A mídia local informa que militantes do Boko Haram invadiram Kalagari à noite e expulsaram os membros do grupo de vigilantes do vilarejo.

Depois, os agressores fizeram oito mulheres reféns e cortaram as orelhas de algumas delas antes de libertá-las. Não está claro se todas foram libertadas. As mulheres estão recebendo cuidados médicos em Kolofata. Ao que tudo indica, os mesmos combatentes haviam atacado Kalagari e Doublé (outro vilarejo) alguns dias antes, matando três vigilantes locais.

Embora vários veículos de comunicação tenham reportado que o ataque ocorreu em Kalagari, a equipe de campo da Portas Abertas no país acredita que tenha ocorrido em Gakara. Pelo fato de ser um lugar muito remoto, onde há muita insegurança, é difícil checar a exatidão dos fatos. Relatos iniciais indicavam que todas as mulheres eram cristãs, mas tudo indica que havia muçulmanas e cristãs e fontes católicas indicam que havia uma cristã entre elas.

Ore pelas mulheres cujas orelhas foram cortadas, pois elas precisam de cura física e emocional. Interceda também pela vida dos que ficaram enlutados devido a ataques recentes em Camarões. Que o Espírito Santo trabalhe nessas vidas conforme eles tomam consciência das suas perdas. Clame por toda a comunidade cristã na região, para que seja cheia de esperança, apesar da situação em que se encontra.

De modo especial, pedimos que você ore pela viagem de uma equipe da Portas Abertas Brasil a Camarões em setembro. Clame para que Deus use a presença da equipe para levar encorajamento aos nossos irmãos camaroneses que são perseguidos por causa da fé em Jesus.