Autoridades tentam impedir reuniões de cristãos

| 31/01/2017 - 00:00


31-sri-lanka-homem-orando

No final do ano, alguns cristãos que vivem no distrito de Gampaha, a sexta maior área urbana da Província Ocidental, foram questionados sobre suas atividades religiosas por dois policiais cingaleses. Eles queriam saber o que exatamente eles faziam reunidos na casa de um dos irmãos.

No outro dia, o dono da casa teve que participar de uma conversa com um líder religioso budista, junto de um dos oficiais responsáveis por aquela região. O cristão foi proibido por eles de continuar com suas reuniões de oração e, inclusive, impedido de adorar a Deus em sua própria residência.

As autoridades da aldeia, por sua vez, permitiram que as reuniões continuassem acontecendo, mesmo com os questionamentos de vizinhos. Infelizmente, há muitos outros cristãos que são proibidos de realizar reuniões de oração por causa das reclamações e insultos de moradores próximos.

Motivos de oração

  • Agradeça a Deus por permitir que esse pequeno grupo continue se reunindo para orar e adorar ao Senhor, apesar das tentativas das autoridades de impedi-los.
  • Ore pelos cristãos cingaleses para que permaneçam firmes, apesar da perseguição.
  • Um líder cristão foi obrigado a deixar sua aldeia por moradores irritados por causa de sua fé. Interceda pela vida dele e de sua família.

Leia também
Igreja é destruída por budistas
Líderes cristãos ainda são ridicularizados pelos vizinhos


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE