Aumenta o número de incidentes contra cristãos indianos

| 01/06/2017 - 00:00


01-india-cristaos-reunida

De acordo com um artigo recente, publicado pelo UCA News, já foram registrados 260 incidentes contra os cristãos, na Índia, nos primeiros meses de 2017. O número de ataques vindos de hindus radicais aumentou consideravelmente. Em agosto de 2016, a Comunidade Evangélica da Índia (EFI, sigla em inglês), concluiu o seguinte: ""Vale ressaltar que, enquanto nos anos de 2014 e 2015 foram registrados 147 e 177 (respectivamente) casos de violência contra cristãos, em 2016, este número já estava em 133 só no primeiro semestre"".

A EFI também explicou que ""uma impunidade e cumplicidade de líderes políticos e policiais marcam o estímulo à violência contra os cristãos nos estados de Chhattisgarh, Madhya Pradesh e Uttar Pradesh. Estados que encabeçam a lista de crimes contra seguidores do cristianismo no primeiro semestre de 2016"", afirma.

""O primeiro-ministro, Narendra Modi, do Bharatiya Janata Party (Partido do Povo Indiano), que segue a ideologia hindu radical, completou três anos no poder, ocupando o cargo desde maio de 2014. Desde então, uma clara tendência de violência contra as minorias religiosas destacou-se"", comenta um dos colaboradores da Portas Abertas.

Ainda segundo ele, a Índia tem uma das maiores pontuações na Lista Mundial da Perseguição, ocupando o 15º lugar em 2017 e registrando um número crescente de ataques contra a igreja no país. ""Modi ainda tem dois anos de atuação política pela frente, com grande probabilidade de ser reeleito, o que significa que a perseguição continuará no futuro. Infelizmente, essa não é uma boa notícia para os cristãos, que necessitam ainda mais de orações"", conclui o colaborador.

Leia também
Como vivem os cristãos na Índia


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE