Ataques a cristãos se estendem por todo o país

Número de ataques durante as festas de fim de ano é alarmante, chegando a 50 cristãos mortos em apenas um estado

| 08/01/2018 - 00:00

Extremistas intensificam ataques nas festas de fim de ano (Foto ilustrativa)

Extremistas intensificam ataques nas festas de fim de ano (Foto ilustrativa)


No último dia 3, publicamos sobre a morte de 16 cristãos, que foram assassinados ao sair de culto da virada do Ano Novo. No entanto, os ataques a cristãos durante as festas de fim de ano não se resumiram a esse incidente. Muitos outros foram registrados, tanto nos estados do Cinturão Médio (como Benue e Kaduna) – que é o epicentro dos ataques de pastores de cabras fulanis –, como em estados tipicamente pacíficos, como Rivers, no sul do país, que é predominantemente cristão.

Na capital do estado de Kwara, Ilorin, 4 igrejas foram atacadas por grupos de jovens durante o culto de véspera de Ano Novo. De acordo com a Associação Cristã da Nigéria (CAN), algumas mulheres foram violentadas quando voltavam para casa após o culto. A Associação também disse que os agressores destruíram igrejas, veículos e objetos religiosos, e também roubaram celulares, bolsas e artigos de valor.

Entre os dias 31 de dezembro e 1 de janeiro, cerca de 50 pessoas perderam a vida e muitas ficaram feridas em um ataque de pastores de cabras fulanis a 5 comunidades no estado de Benue. Agressores armados atacaram as aldeias enquanto os moradores estavam na igreja, e também queimaram um veículo de patrulha, de acordo com o jornal local The Nigerian Guardian. O governador do estado, Samuel Ortom, visitou as vítimas no dia de Ano Novo e condenou a violência, dizendo: “Você consegue imaginar crianças inocentes e mulheres sendo mortas e tendo suas partes íntimas removidas? Pessoas foram abatidas como animais”.

Leia também:
Dezesseis cristãos são mortos ao sair de culto da virada
Novo ataque de fulanis faz 4 vítimas fatais
Governo quer proibir livre pastagem para conter ataques


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE