Ataque à igreja de Peshawar completa um ano

| 22/09/2014 - 00:00


22_Pakistan_0430100826.jpg

Há exatamente um ano, no dia 22 de setembro de 2013, uma igreja em Peshawar foi atacada por dois homens-bomba logo após o culto de domingo. Considerado o pior ataque em oposição ao cristianismo na história do Paquistão, mais de 120 cristãos que saiam da igreja foram mortos e cerca de 170 pessoas ficaram gravemente feridas. Muitas vítimas eram mulheres e crianças.

Desde então, a comunidade cristã de Peshawar manteve-se insegura, apesar das promessas do governo de protegê-la, assim como seus lugares de culto.

Um líder cristão local afirmou que apesar de anos e anos de intensa perseguição de extremistas religiosos, a população cristã no Paquistão está crescendo em número. ""Nada vai impedir que o evangelho alcance as pessoas. Mesmo que nos ataquem, temos um compromisso firmado com Cristo Jesus”.

Ore pela Igreja no Paquistão!

Leia também
Como estão os cristãos após o maior ataque contra a igreja no Paquistão?


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE