As dificuldades dos cristãos butaneses

| 22/01/2016 - 00:00


22_BUtao_0310103864

Em outubro do ano passado, dois colaboradores da Portas Abertas estiveram envolvidos em um acidente de carro enquanto visitavam alguns cristãos do Butão. Um deles ficou levemente ferido e o outro precisou passar por uma cirurgia em um dos braços. As estradas por lá são muito perigosas e aqueles que precisam viajar para exercer suas atividades nas igrejas correm vários riscos.

Além disso, não é fácil manter a fé em meio a perseguição religiosa que o contexto da nação apresenta. Embora seja um país que pouco aparece na mídia, geograficamente ele está bem no meio dos gigantes Índia e China, onde há muitos conflitos religiosos. As poucas igrejas que existem nas aldeias do Butão são frequentemente monitoradas pelo governo, então, a maioria dos cristãos prefere viver sua fé secretamente.

Na vida social, os cristãos são muito discriminados e forçados a negar o cristianismo. As crianças são vítimas de preconceito por professores e colegas, e em alguns casos, algumas têm o acesso à escola negado. Além de todas as dificuldades enfrentadas, a perseguição ainda gera violência por parte dos budistas radicais. Por enquanto, a minoria cristã precisa viver isolada, em locais de difícil acesso, onde somente os analistas de perseguição e algumas associações aparecem para dar-lhes assistência. Ore por todos eles.

Pedidos de oração

  • Ore pelos butaneses, para que mantenham a fé, apesar de tantas dificuldades.
  • Peça ao Senhor para proteger aqueles que enfrentam as estradas perigosas para chegar até os cristãos perseguidos, a fim de levar ajuda e ânimo para eles.
  • Em suas orações, peça também pela situação do país, para que os líderes reconheçam as minorias religiosas e ofereçam proteção necessária para os cristãos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE