Portas Abertas visita família de pastor assassinado

| 05/10/2014 - 00:00


0005_Camaroes_0270100142

Na tarde de 24 de julho, supostos militantes do Boko Haram chegaram à aldeia de Balgaram, no extremo norte de Camarões. Moradores aterrorizados gritaram: ""Boko Haram! Boko Haram!"" O caos irrompeu enquanto todos corriam para se proteger. Alguns morreram ao tentar fugir.

Os militantes surpreenderam a família Kesvere em casa. Algumas crianças mais velhas, que entenderam o perigo, conseguiram fugir. Mas Sharifa não podia correr – as crianças mais novas estavam com ela. Eles assistiram, impotentes, os radicais perguntarem a Jean Marcel o que ele fazia para viver. Quando ouviram que ele era um pastor, o jogaram em um carro e foram embora.

Não se sabe o que aconteceu entre o pastor e os rebeldes. Mas um dia depois, na sexta-feira, 25 de julho, Jean Marcel Kesvere, marido, pai e missionário fiel ao povo do norte de Camarões, foi morto.

Após o acontecido, não houve tempo para Sharifa reunir todas as posses. Ela foi obrigada a deixar Balgaram apenas com as roupas do corpo. A aldeia de Townsfolk recebeu uma família traumatizada e a acolheu.

A viúva e seus oito filhos ficaram chocados. Eles nunca imaginaram que uma tragédia como essa iria acontecer com a sua família. De todas as crianças, a filha mais velha parecia entender a magnitude de sua perda. Ela chorou amargamente. ""Ela estava se afogando em lágrimas. Tudo isso parecia simplesmente demais para ela suportar”, compartilha a mãe.
 
As palavras parecem vazias em situações como estas. O que se pode dizer ou fazer, para trazer alívio? Tudo o que Daouda podia fazer era oferecer condolências e assegurar à Sharifa que ela não estava sozinha – muitos irmãos ao redor do mundo estão orando por ela. Daouda também orou com eles. Sharifa parecia encorajada.

A perda vai além da família de Jean Marcel. Nascido em Camarões e treinado no vizinho Chade, ele era membro da Igreja Luterana de Balgaram, onde serviu a comunidade por mais de dois anos. Seu sequestro e assassinato provocaram um estado de choque. ""Estamos em grande dor pela perda de um colega dedicado ao seu ministério"", disse um membro da igreja.

Pedidos de oração

  • Ore pelo conforto do Senhor para esta família, que está muito traumatizada. Peça para que eles sejam envolvidos pelo seu amor, abraçados pela Igreja.
  • Interceda para que o Senhor os abençoe em todas as suas necessidades.
  • Clame também pela Igreja nesta região, que ficou muito chocada com os acontecimentos.

Leia também
Pastor morre em ataque do Boko Haram em Camarões


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE