Igrejas do Quênia sofrem ameaças de ataque

| 29/04/2015 - 00:00


29_Quenia_Reuters

O alerta, que circulou através do gabinete do presidente em 23 de abril, afirma que o Al-Shabaab enviou espiões para promover “ataques de alta escala” em “datas não específicas”.

A carta alega que as principais metas incluem a Igreja Pentecostal de Nairóbi e outras congregações, bem como a universidade e o parlamento. Um funcionário do parlamento ligado a uma mesquita e nomeado na carta já foi detido.

Os alvos listados acima terão “segurança redobrada”. O alerta foi enviado dias depois do ataque acontecido em 2 de abril, pelo Al-Shabaab, em uma universidade em Garissa, onde estudantes cristãos foram identificados. Esse ataque deixou 149 mortos.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE