Igreja na Malásia é forçada a derrubar a cruz do prédio

| 30/04/2015 - 00:00


30_Malasia_0380100264

Os manifestantes temiam que a igreja estivesse envolvida com o proselitismo a muçulmanos. ""Eles estavam exigindo que as operações da igreja cessem completamente, mas conseguimos convencê-los a ficar satisfeitos que a igreja apenas derrubasse o símbolo da cruz"", disse Abdullah, um ancião da comunidade e um dos líderes dos manifestantes.

Para evitar problemas, a liderança da igreja retirou a cruz duas horas mais tarde, mas a notícia foi viral e criou uma tempestade de protestos de muitos políticos, ONGs e grupos religiosos – incluindo alguns grupos muçulmanos moderados condenando a intimidação como um “ato estúpido de ódio”.

""A cruz é um símbolo sagrado para a comunidade cristã. Forçá-los a remover o símbolo é inaceitável e desrespeitoso para a comunidade cristã”, afirmou o ministro-chefe Azmin Ali a um jornal local.


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE