#CartasDaCoreiaDoNorte: Fé e determinação

| 09/01/2016 - 00:00


09Jan_EspecialCoreiadoNorte

""No ano passado nós sofremos muito com a falta de comida, até mesmo nos tempos de colheita. O preço dos alimentos continua a subir, um dólar americano vale 8 mil won (moeda norte-coreana) e um quilo de arroz custa em média 6 mil won, que é o dobro do salário de um trabalhador médio. A comida é demasiadamente cara para as pessoas comuns"", diz um norte-coreano em uma de suas cartas.

""Humanamente falando, é muito difícil sobreviver na Coreia do Norte, mas Deus nos dá esperança. Mesmo vivendo como presos em nosso país, nos sentimos livres e essa é uma sensação que ninguém pode tirar de dentro de nós. Jesus Cristo nos permite ter vitórias em situações perigosas e nos protege dos inimigos"", conta o trecho de outra carta.

""Nós confiamos em nosso Deus, em todas as circunstâncias. Nós cremos no novo céu e nunca vamos desanimar ou ficar decepcionados com o que acontece nesse mundo, porque nós almejamos o reino de Deus e oramos para que nossas forças sejam renovadas, principalmente nas situações de risco. Nós nunca nos sentimos sozinhos porque temos vocês, irmãos e sobrevivemos pelas suas orações"", finaliza um cristão secreto.

Leia também
#CartasDaCoreiaDoNorte: O Espírito de Deus nas igrejas subterrâneas


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE