AME renova compromissos para 2007 e conta com orações

| 27/01/2007 - 00:00


O texto a seguir foi enviado pela Associação Missão Esperança (AME). Ele traz as atualizações do trabalho da AME, referente ao fim de 2006 e ao mês de janeiro de 2007.

"Agradecemos a Deus por poder passar os primeiros dias do ano junto aos nossos preciosos obreiros do campo em um país vizinho, para refrigério e comunhão.
 
No final do ano, as notícias naquela região eram atemorizantes: catástrofe nas Filipinas; enchentes na Malásia com mortes e dezenas de milhares de desabrigados; terremoto em Taiwan (o incidente danificou os cabos de comunicação e bloqueou por uma semana a internet de todos os países na região); bombas na noite de Ano Novo na Tailândia; deslize de terra em Cingapura; um navio  afundou com centenas de passageiros e um avião sumiu na Indonésia. Além disso, havia maremotos quase que semanais na Indonésia e alguns cristãos foram feridos numa igreja atingida.
 
Com o coração apertado na noite de Ano Novo diante do noticiário cheio de desastres, clamamos ao Senhor. Veio-me à mente: Tenho um plano bom para esses povos. Daí seguiu-se a pergunta: O que Deus quer que façamos diante de tudo isso, já que fomos colocados para trabalhar nessa região há alguns anos com a tarefa de socorrer os sofredores?
 
Quando os nossos obreiros se juntaram a mim no país onde eu estava, vi a serenidade deles no meio de adversidades, e a convicção de que devem permanecer onde estão para ministrar, exatamente por causa dessas catástrofes. A nossa meditação, baseada em Neemias, foi trazida por um pastor com quem eu costumava viajar dias a fio, do sul da Índia até ao norte do Himalaia, para encorajar e pastorear os obreiros que nunca alguém tinha visitado. A pregação nos lembrou de que Deus é maior do que as autoridades, do que a situação, do que a nossa tarefa, do que os nossos medos, nossos adversários e do que nós mesmos. A nossa fé e o nosso testemunho são de que a boa mão do Senhor está nos conduzindo.
 
A nossa parceira informou sobre o projeto de reconstrução de casas destruídas no terremoto em determinada aldeia, que não tinha água havia muito tempo. Após o terremoto, a aldeia agora tem água limpa!  Na cidade em que nossos obreiros têm que morar para poder obterem o visto de permanência, há milhares de recém-convertidos que precisam de discipulado! Uma obreira nossa está cercada de jovens, vindos de uma outra ilha também destruída pelo tsunami e por terremoto, e assim ela pode discipulá-los.

Jejum e oração

Quero convidá-lo então para que se una nós para orar e jejuar todas as quintas-feiras a partir de 25/1 até o final de fevereiro. Humilhemo-nos diante do Senhor Todo-Poderoso para que Ele continue a nos conduzir com a sua boa mão no ministério aos sofredores e aos que não o conhecem ainda.

Pedidos de oração

Por favor, ore:

 Pelo povo timorense, que vive em meio à violência que se intensifica nesses últimos dias.
 Pela igreja local, para que brilhe no meio do povo com amor e sabedoria.
 Pela segurança e pelo ministério dos nossos obreiros.
 Pelo curso para professores de religião e obreiros que se iniciou esse mês em Sarlala.
 Pelo curso bíblico iniciado em novembro passado. Que possa continuar a ser uma bênção na vida das pessoas.
 Pelo projeto da expansão da escola de informática, com um curso móvel para as vilas na montanha.
 Pelos meninos e meninas do orfanato, para que tenham os princípios bíblicos na fase difícil de adolescência.
 Pelo projeto de reconstrução das casas destruídas.
 Pela abertura de um curso de informática e um posto de saúde no local em que desejamos.
 Pelo plano de discipulado nas cidades onde há necessidade.
 Pelos vistos de permanência dos obreiros no Sudeste Asiático.
 Pela reforma da base, que está em andamento (se você tiver móveis para doar, entre em contato conosco).
 Pelos candidatos para o próximo treinamento.

Confiante no Senhor da seara, agradeço a fidelidade de todos vocês em nos apoiar e rogo as bênçãos espirituais de Deus sobre as suas vidas, para que Ele continue a ser glorificado através de nós entre todas as nações".

Margaretha Adiwardana
Presidente da AME


Sobre nós

Uma organização cristã internacional que atua em mais de 60 países apoiando os cristãos perseguidos por sua fé em Jesus.

Instagram

© 2021 Todos os direitos reservados

INÍCIO
LISTA MUNDIAL
DOE