Jihadistas atacam várias igrejas no centro do Mali

Mesmo diante de ataques e ameaças a cristãos, governo não faz nada para deter jihadistas

10-mali-jihadista-atacam-varias-igrejas-no-centro-do-mali

Igrejas e capelas foram recentemente atacadas por jihadistas no centro do país. Eles saquearam igrejas nas cidades de Dobara e Bodwal na última semana de setembro, de acordo com a Agência France Press de notícias.

No ataque mais recente em Dobara, a 800 km ao norte da capital Bamako, homens armados arrombaram a porta da igreja. Em seguida, removeram o crucifixo e outros utensílios do templo, levaram tudo para a frente da igreja e atearam fogo.

De acordo com a reportagem, houve vários outros ataques a igrejas em setembro, também à vista dos fiéis. Em Bodwal, por exemplo, cristãos foram abordados dentro de seu local de reunião por homens armados que gritavam: “Nós vamos matá-los se vocês continuarem orando na igreja”.

A liderança da igreja no país expressou preocupação com o fato de que nenhuma medida tenha sido tomada para proteger as igrejas após esses ataques. Um dos líderes, Edmond Dembélé, diz: “A segurança diminuiu drasticamente nos últimos meses no centro do Mali, onde grupos islâmicos armados são incontroláveis”.

Ele também cita um relatório da organização não-governamental Observatório dos Direitos Humanos, que diz que esses grupos têm promovido “execuções sumárias de civis e soldados do exército, destruição de escolas e recrutamento forçado de crianças”. Oremos pela intervenção de Deus nessa situação e pela paz no Mali.

Leia também
Cristã colombiana está doente em prisão no Mali
Como vivem os cristãos no Mali