Cuba retira acusações contra cristão preso

Cuba tirou acusações criminais contra o ativista da liberdade religiosa Fếlix Yuniel Llerena López

17-cuba-cuba-retia-acusacoes-contra-cristao-preso

López é um coordenador do Instituto Patmos, uma organização cristã não-governamental que promove a liberdade de religião ou crença, assim como o diálogo entre as religiões. No dia 2 de outubro, ele recebeu a notícia de que as acusações contra ele, e também a proibição de sair do país, foram canceladas.  

Ele disse à organização cristã Christian Solidarity Worldwide (CSW): “Depois de cinco meses de oposição, prisões, expulsão da universidade, intimidação, ameaças e uma falsa acusação, hoje posso dizer que a solidariedade e a dignidade de não renunciar aos princípios triunfou”.

O ativista foi interrogado em 27 de abril após retornar de uma visita aos Estados Unidos. Desde então, ele foi preso e depois expulso da Universidade Pedagógica Enrique José Varona, em Havana, onde estudava. Tal ato foi condenado pela Comissão dos EUA sobre Liberdade Religiosa Internacional (USCIRF).

O presidente executivo da CSW, Mervyn Thomas, disse que sua organização saudou a boa notícia, mas “continua convidando o governo cubano a cessar a hostilidade contra defensores dos direitos humanos e pede mais atenção do governo para combater as violações da liberdade de religião ou crença”. Enquanto isso, a USCIRF disse em seu Relatório Anual de 2017 que “o governo cubano limita, controla e monitora a prática religiosa por meio de um sistema restritivo de leis e políticas, além de vigilância e assédio". O relatório também acusou Cuba de “prisões de curto prazo de líderes religiosos, demolição de igrejas e ameaças de embargo de igrejas”.

Pedidos de oração

  • Agradeça ao Senhor pela libertação e pelo serviço de López nas terras cubanas.
  • Ore por Cuba e seus governantes. Peça a Deus que coloque suas mãos sobre essa nação que ainda enfrenta grande opressão.
  • Interceda por uma igreja cubana forte e perseverante na fé, apesar das dificuldades diárias.

Leia também

Cristã cubana dedica a vida a ensinar sobre Deus

Governo luta por seus ideais comunistas