Cristão colombiano dá testemunho de fé

Álvaro Ramírez deixou a guerrilha para seguir a Jesus e deseja abençoar a comunidade com os treinamentos que recebeu da Portas Abertas

25-colombia-cristao-colombiano-da-testemunho-de-fe

A perseguição religiosa na Colômbia afeta diretamente os cristãos e os deixa vulneráveis e instáveis economicamente. A situação é causada por deslocamentos forçados, extorsões e restrições constantes sobre a vida e o trabalho das populações cristãs.

Por isso, o cuidado integral da Igreja Perseguida envolve o treinamento dos cristãos perseguidos no processo de implementação de sistemas de produção. Esses projetos de desenvolvimento socioeconômicos geram oportunidade para os cristãos se autosustentarem e compartilharem a fé em Cristo.

Uma vida mudada

É o caso do pastor Álvaro Ramírez*, um ex-militante colombiano da região de Chocó, onde muitos vivem em situação de pobreza. Ele e sua família enfrentam perseguição desde sua conversão, há 20 anos. Depois de participar de treinamentos da Portas Abertas, Ramírez pode abençoar outros com a abertura do próprio negócio, uma padaria.

Ele compartilha com alegria sobre o novo trabalho: "O que fazemos é importante para a comunidade, porque mostra maneiras novas, sustentáveis e éticas de ganhar a vida. Além disso, conseguimos gerar empregos e oferecer treinamento técnico e direcionamento espiritual para nossos funcionários. Meu sonho é capacitar comunidades, ajudá-las no desenvolvimento econômico e ver vidas mudadas pelo evangelho”.

*Nome alterado por motivos de segurança.

Pedidos de oração

· Ore pelas comunidades cristãs colombianas que enfrentam perseguição por sua fé.

· Interceda pelo pastor Álvaro Ramírez e por sua família. Peça a Deus que os proteja e os sustente.

· Coloque em oração o governo colombiano, para que haja sabedoria para governar o país.

Leia também
Paz não é realidade para muitos cidadãos colombianos
Pressão contra cristãos continua após fim da guerra