Igreja é atacada na Nigéria

O ataque resultou em 15 cristãos mortos e os agressores ainda não foram identificados

Igreja é atacada na Nigéria

No último domingo, 6 de agosto, dois homens desconhecidos mataram mais de 15 cristãos em uma igreja no Estado de Anambra, na região sudeste da Nigéria. Ninguém assumiu a responsabilidade pelos ataques, algo comum entre os grupos extremistas. A primeira suspeita recaiu sobre o conhecido grupo islâmico Boko Haram, mas as autoridades locais duvidam que ele esteja envolvido no ataque.

Em comunicado oficial, o presidente declarou que considera o incidente “um crime espantoso contra a humanidade e um sacrilégio indescritível”. O líder cristão Hygi Aghaulor disse que toda a comunidade está orando pelos feridos e os familiares dos cristãos mortos. Eles pedem oração para que Deus conforte o coração de todos os afetados pelo acontecido, e que a justiça seja feita contra os agressores.

Apesar de quase metade da população nigeriana ser formada por cristãos, a perseguição tem aumentado. O Boko Haram, grupo extremista mais ativo no país, aumenta as atividades a cada dia. Em contrapartida, o governo parece negligenciar a luta contra o extremismo religioso e os ataques aos cristãos. Ore pela Igreja Perseguida nigeriana e por sabedoria para o governo do país proteger seus cidadãos.

Leia também
Como estão vivendo os cristãos em Borno
Crise humanitária no norte da Nigéria