5/8: Dia do Presbítero

“Não negligencie o dom que lhe foi dado por mensagem profética com imposição de mãos dos presbíteros.” 1 Timóteo 4.14

Dia do Presbítero

A Bíblia nos diz que aquele que deseja ser bispo “deseja uma nobre função” (1 Timóteo 3.1). Ao se decidir por Cristo, alguns cristãos que fazem parte da Igreja Perseguida são inspirados por Deus a trabalhar na liderança e na condução de um ministério em sua região. Normalmente, não é fácil, porque em países onde o cristianismo é hostilizado, os cristãos já enfrentam a pressão da família e da própria comunidade, além do monitoramento do governo e das ameaças das autoridades. Ser um líder cristão, portanto, é colocar a vida em risco.

Na América Latina, em países que já enfrentam a perseguição, como é o caso do México (41º na atual Lista Mundial da Perseguição) e Colômbia (50º), esses líderes enfrentam também a perseguição por parte das autoridades indígenas, que ameaçam destruir as igrejas, caso os cristãos continuem evangelizando o povo. O objetivo deles é preservar a cultura e a tradição dessas comunidades.

José Jesus de la Cruz, um dos líderes cristãos na América Latina, que chegou a ser expulso da comunidade onde vivia, testemunhou que, apesar das dificuldades, vale a pena entregar a vida por Cristo. “As coisas terrenas se acabam, mas Deus nos dá algo que nunca se acaba, a vida eterna”, disse em entrevista. Para saber mais sobre a vida dele, leia a matéria “Enfrentando a morte todos os dias”, na Revista Portas Abertas, deste mês.

Se você ainda não recebe a Revista, cadastre-se agora mesmo e receba mais informações sobre a causa da Igreja Perseguida

Apoie os irmãos indígenas

A Igreja Perseguida na Colômbia e México precisa de você. Abençoe os irmãos que enfrentam as consequências de seguir a Cristo. Ore e contribua para os projetos da região. Saiba mais.

Leia também
Uma nova vida em Cristo
Intimidação aos cristãos indígenas
Mais um líder cristão é morto no México