“Deus tinha outros planos para mim”

Samiha é uma senhora cristã do Egito. Ela sobreviveu a um ataque à sua igreja e compartilha seu testemunho

23-egito-danos-a-parede-de-igreja-atacada

Danos causados a parede de igreja atacada em 2016

Quando uma bomba explodiu ao lado de Samiha na igreja, todos pensaram que ela havia morrido. Mas, embora tenha ficado com graves sequelas no rosto, ela sobreviveu e agora testemunha a presença de Jesus ao longo de sua recuperação.

Em agosto de 2016, Samiha e seu marido, Qalini, se preparavam para ir à igreja. Ao chegarem lá, sentaram em locais separados. Ela ficou com as mulheres e esposo sentou-se no lado dos homens. Por volta das 10h da manhã, um homem entrou do lado onde estavam as mulheres e a paz foi desfeita. Após a explosão da bomba, Qalini procurou a esposa e não conseguiu encontrá-la por horas, pois as mulheres feridas estavam com ferimentos, o que dificultava a identificação.

Esperança renovada
Depois de algumas horas, Samiha foi encontrada pelo esposo no hospital, e estava viva. Os médicos não acreditavam na recuperação da cristã, pois seus ferimentos no rosto e na cabeça eram muito graves. “Os médicos já haviam me colocado na lista dos falecidos e só iam checar de vez em quando se eu já havia morrido. Mas eu senti Jesus comigo o tempo todo e Deus tinha outros planos para mim”, diz a cristã.

Em agosto de 2017, a Portas Abertas os visitou e encontrou um casal alegre e esperançoso. Apesar das sequelas dos ferimentos, ela está viva e grata ao Senhor. Samiha irá se submeter a algumas cirurgias para ajudar na recuperação. Ela sabe que será um momento difícil, mas tem certeza que Jesus estará novamente com ela. 

Pedidos de oração

  • Agradeça a Deus por segurar a vida de Samiha em suas mãos e ore pelas cirurgias que ela precisa fazer.
  • Peça ao Senhor pelas famílias que perderam parentes e amigos no ataque, que recebam o consolo do Espírito Santo.
  • Ore pelo Egito e pelos cristãos no país. Que a paz que excede todo entendimento esteja com eles.

Leia também
Cristão morre em ataque a igreja no Egito
Morre soldado cristão no Egito