Dia Internacional da Amizade

A Bíblia nos ensina que “existe amigo mais apegado que um irmão” (Provérbios 18.24)

Dia Internacional da Amizade

O Dia da Amizade é comemorado em diversos países do mundo, com o objetivo de espalhar a paz entre povos e nações, celebrando também a diversidade cultural. Todo mundo tem um amigo para abraçar e agradecer pela companhia nos momentos bons e nos difíceis também. Parece algo comum, mas na realidade, nem todos podem comemorar a amizade tão livremente assim. No contexto da Igreja Perseguida, muitos só podem contar com a amizade da nova família na fé e de Jesus.

Jamilya* é exemplo disso. Aos 25 anos, quando conheceu a Cristo e encontrou o verdadeiro propósito de sua vida, ela perdeu a confiança dos amigos e da própria família. Mesmo sabendo que em seu país, que fica na Ásia Central, o cristianismo não era permitido, ela compartilhou o evangelho com seus amigos. “Eu pensava na felicidade e no futuro deles”, ela disse. Sua vida foi difícil, ela foi sequestrada e forçada a se casar com um muçulmano. Apanhou do marido, foi enganada por ele que, a denunciou para a polícia secreta.

Depois de tudo, perdeu o emprego e ainda foi multada por ensinar a Bíblia às crianças numa igreja. Por amor a Cristo, Jamilya teve que abrir mão de suas amizades, da família e foi hostilizada por tomar uma decisão diferente das demais pessoas ao seu redor. Mas ela reconhece que foi amparada por Deus e sua história é um exemplo de que os verdadeiros amigos se manifestam quando mais precisamos deles. “Durante vários anos, eu andei pelo vale da sombra da morte, mas meu pai respondeu às minhas orações. Os dias sombrios finalmente foram embora e eu estou construindo uma nova vida, dia após dia. Graças a Deus, eu sei que não estou sozinha”, conclui.

É esse tipo de amor e amizade que, nós, a igreja livre de perseguição, podemos levar aos nossos irmãos perseguidos. Muitas vezes, não podemos abraçá-los ou estar por perto nos momentos tristes, mas podemos alcançá-los por meio das orações e tocar seus corações aflitos. Saiba que as suas orações podem chegar muito longe, alcançando até mesmo as prisões, onde há muitos irmãos que foram condenados por causa da fé em Jesus. Que eles se sintam amados e acolhidos e que saibam que podem contar conosco.

“O meu mandamento é este: amem-se uns aos outros como eu os amei. Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida pelos seus amigos.” (João 15.12-13)

*Nome alterado por motivos de segurança.

Leia também
Nossos amigos muçulmanos
A história de uma cristã que nunca desistiu
Um grande exemplo de fé

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios