Hassam e Abdulmonem foram libertados

Depois da libertação de Petr Jasek, em fevereiro, um enviado especial visitou o Tribunal do Sudão, para pedir a libertação dos dois

26-sudao-shamal-e-hassam

Recebemos a notícia de que os sudaneses Hassam e Abdulmonem foram libertados da prisão, em Cartum. Após a libertação de Petr Jasek, em 27 de fevereiro, que havia sido condenado à prisão perpétua (equivalente a 20 anos de prisão, de acordo com as leis do Sudão), um enviado especial visitou o tribunal sudanês para pedir a libertação dos dois homens que foram condenados a 12 anos de prisão por supostamente ajudar o tcheco Petr Jasek.

Ján Figel é responsável por promover a liberdade de religião ou crença fora da União Europeia e sua visita aconteceu em meados de março. Tudo o que se sabe até agora é que os sudaneses que estavam presos receberam um "perdão presidencial", o que indica que a pressão de outra nação colaborou para a libertação dos acusados.

Hassan Taour e o geólogo Abdumonem Abdumawla, no entanto, necessitam ainda das orações de todos os cristãos ao redor do mundo para que possam voltar às suas famílias em total segurança. Interceda por eles nesse momento e agradeça a Deus por mais essa vitória. "Dediquem-se à oração, estejam alertas e sejam agradecidos." (Colossenses 4.2)

Leia também
Cristãos condenados no Sudão recebem ajuda
Cristãos são mantidos presos injustamente

 

Comentários

  • ildenymachadosilva
    11 mai 2017 de 16:00
     

    ������Quão maravilhoso é saber que o nosso Deus é Real, não dorme e tem o controle de tudo em suas poderosas mãos. ������As nossas orações diárias podem e muito em seus efeitos. ������A Deus a glória para todo o sempre.

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios