Ataque ocorre em meio às manifestações

Dois homens-bomba explodiram em frente a um terminal de ônibus, deixando mortos e feridos; os extremistas estavam ligados ao Estado Islâmico

29-indonesia-garis-limpando-destrocos-da-bomba

Os indonésios foram surpreendidos por um ataque que ocorreu em frente a um terminal de ônibus, em Kampung Melayu, leste de Jacarta. Dois homens-bomba explodiram matando três policiais e ferindo cerca de dez pessoas. O porta-voz da Polícia Nacional, Setyo Warsito, disse que os extremistas eram membros de um grupo chamado Jamaah Ansyar Daulah, conhecido por estar ligado ao Estado Islâmico. Além disso, o grupo também já esteve envolvido em outros ataques, um deles ocorrido no dia 4 de janeiro, também em Jacarta e os demais no Reino Unido e Filipinas.

"Temos que parar com esse clima de ódio e violência, pois isso só causará novos problemas. Precisamos estar de mãos dadas para lutar contra o extremismo", disse Jerry Sumampow, porta-voz da Sociedade de Igrejas na Indonésia (IGP, sigla em inglês). Segundo fontes locais, a cena foi realmente triste, na área onde as bombas detonaram, havia sangue, fragmentos de vidro e janelas quebradas.

"Eu só posso dizer que foi uma ação muito cruel. Como eles podem fazer algo assim?", indignou-se Yamin, um zelador de rua, enquanto varria os cacos de vidro no local do bombardeio. "Eu não estava presente, mas meus amigos ainda estão em estado de choque, pois viram tudo e faz alguns dias que não conseguem nem dormir", disse outro trabalhador.

Pedidos de oração

  • Ore pela paz em Jacarta e também pelo caso do ex-governador Ahok, que se tornou o principal motivo das manifestações públicas, já que foi condenado injustamente por blasfêmia;
  • Interceda pelos feridos e pelas famílias daqueles que morreram durante a explosão;
  • Ore pelos cristãos perseguidos na Indonésia e que o evangelho continue a ser pregado aos muçulmanos; que o amor de Jesus possa invadir seus corações.

Leia também
Ahok é preso por blasfêmia
Um dia triste para os cristãos em Jacarta

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios