A semente do evangelho volta a brotar no Iraque

Distribuição de Bíblias e livros cristãos é vista como uma distribuição de sementes para adultos, jovens e crianças que permaneceram no país

12-iraque-menina-sorrindo

Através de um programa de distribuição de Bíblias e livros cristãos, a Portas Abertas e a igreja no Iraque tem abastecido muitas famílias que viviam na planície de Nínive e que perderam todos os seus pertences, inclusive seus livros. "É por isso que a demanda por Bíblias e outros materiais cristãos ainda é alta", disse Sajjad, um distribuidor que se uniu ao trabalho da equipe.

"Projetos como esse e com o foco em crianças, têm um lugar especial em seu coração. Percebo que a nova vida está acontecendo", ele disse. "O que estamos fazendo com esses livros é, na verdade, distribuindo sementes do evangelho para essas vidas. Eu tenho um sonho que, dentro de 15 anos, elas terão brotado e crescido e que essas crianças estarão maduras espiritualmente, com um relacionamento vivo com Cristo. Para que isso aconteça, precisamos de muita oração", afirma.

Ele enfatiza ainda que a distribuição de livros cristãos só é eficaz quando está inserida a uma sólida estratégia de discipulado. "É por isso que também treinamos professores e voluntários da escola dominical, para ajudá-los a comunicar o evangelho aos jovens", explica. O Iraque é a 7ª nação na atual Lista Mundial da Perseguição, onde muitos cristãos tiveram que abandonar o país para poupar suas vidas, mas muitos decidiram ficar para dar continuidade aos trabalhos de reconstrução da igreja no país.

Você também pode semear no solo onde vivem os cristãos perseguidos
Conheça os projetos Ajude a igreja a permanecer, Crianças, um novo começo e Mantenha a igreja viva no Iraque e Síria

Além disso, assine a petição para garantir aos nossos irmãos uma vida digna e direitos de igualdade para eles, independente de etnia, status ou religião. Saiba mais sobre o Iraque depois de 14 anos de guerra.

Leia também
Esperança e fé em meio à guerra
Muitos cristãos decidiram ficar no Iraque

 

Comentários

  • Elisangela Alves Lima
    13 mai 2017 de 10:30
     

    Eu oro ao Senhor que , ele possa derramar mais e mais sobre essas ações, e sobre a vida de cada um que participa.

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios