Persevere em oração pelos nossos irmãos sudaneses

“Podíamos ouvir claramente as vozes dos cristãos; como a polícia os impediu de se aproximar do tribunal, eles começaram a cantar e louvar a Deus, e isso foi um incentivo muito grande para nós”

1-petr-preso-no-sudao

Recentemente, a organização missionária Voz dos Mártires divulgou um vídeo de Petr Jasek agradecendo a todos que oraram por ele durante o período em que esteve preso em Cartum, no Sudão. Depois de passar mais de um ano detido por falsas acusações de espionagem e por afrontar o Estado, Jasek finalmente está de volta à Praga, capital da República Tcheca, junto de sua família. O acusado passou por cinco detenções sudanesas, compartilhando cela com traficantes de drogas e criminosos violentos, enfrentando torturas, além de traumas físicos e emocionais.

Entre os relatos, ele disse ter sido privado de água e impedido de dormir durante três dias. Ele conta também que os guardas batiam na porta para mantê-lo acordado enquanto ele ficava rodeado de ratos sempre que se deitava. Bem mais magro agora, ele já passou pela perícia médica, que não acusou nenhum problema sério de saúde, o que ele próprio considerou um milagre, já que ficou bem próximo de detentos com malária e houve um surto de cólera em uma das prisões.

Ainda assim, ele disse que conseguiu encorajar outros cristãos. “Foi incrível como o Senhor me usou para pregar o Evangelho naquele lugar. Havia prisioneiros ali, por diversas razões, mas eles entregaram suas vidas a Cristo e agora são do Senhor”, compartilhou.

“Deus é grande e fiel”, ele declarou. Mesmo em grandes dificuldades, ele disse que se emocionou junto dos outros acusados, que foram julgados pelo mesmo caso. “Enquanto aguardávamos a audiência, na prisão judicial, podíamos ouvir claramente as vozes dos cristãos. Como a polícia os impediu de se aproximar do tribunal, eles começaram a cantar e a louvar a Deus, e isso foi um incentivo muito grande para nós”, disse. Petr Jasek pede orações por Hassan e Abdulmonem, que ainda permanecem presos.

Leia também
Justiça sudanesa liberta o cristão Petr Jasek
Notícias dos nossos irmãos sudaneses

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios