“Cremos que Deus responderá”

“Acontecerá como nos tempos bíblicos de Ester, quando o jejum e a oração tiveram o poder de mudar a história de uma nação”

19-ira-crianca-orando

Recentemente, recebemos uma correspondência de um dos líderes da igreja iraniana, afirmando que 2017 será um ano intenso de orações em seu país. O líder pede para que todos se unam a eles nesse propósito. “Desde o ano passado, o Senhor colocou essa necessidade em meu coração, de declarar que o ano de 2017 será um ano de oração e jejum por alguns objetivos principais: orar pelo fim da perseguição em nosso país e por menos opressão e injustiça contra as igrejas. Sabemos que a nossa guerra não é contra a carne e o sangue, mas contra as forças espirituais malignas. Por isso, de acordo com a palavra de Deus, a fim de derrotar essas forças, precisamos urgente nos unir com o mesmo objetivo”, disse.

Segundo o líder, os exemplos bíblicos de união entre os irmãos mostram que a igreja que vive em jejum e oração tem a resposta de Deus. “Por isso, todas as semanas, na sexta feira, queremos nos unir para clamar a Deus que tenha misericórdia dos perseguidores, e que eles abram os olhos para enxergar que estão travando uma luta com o Deus poderoso. Vamos pedir para que haja temor em seus corações, caso contrário eles enfrentarão a justiça do Senhor”, comenta o líder.

“Vamos nos organizar para enfrentar essa luta de manter a igreja viva no Irã. Devemos pedir por razões específicas, de forma que organizações missionárias e todos os envolvidos com essa causa possam orar em harmonia, com a mesma visão. Cremos que Deus responderá por causa de sua honra e de sua glória, e acontecerá como nos tempos bíblicos de Ester, quando o jejum e a oração tiveram o poder de mudar a história de uma nação. Acreditamos que essa grande mudança pode acontecer aqui no Irã também”, conclui o líder.

Pedidos de oração

  • Faça parte desse movimento de oração e ajude o líder cristão iraniano e os demais líderes que estão nessa luta para manter a igreja viva no Irã.
  • Ore pela misericórdia de Deus e que os perseguidores realmente sejam tocados pelo amor de Cristo.
  • Ore também pelos cristãos que enfrentam prisões e torturas nesse país e interceda por suas famílias.

Leia também
Como devemos orar pelos cristãos perseguidos?
Cristã evangeliza iranianos através da internet

 

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios