Impactados pela palavra

“Eu me decidi por Cristo compreendendo que ele é o único caminho, por isso agora eu quero seguir seus passos”

07-eritreia-homem-sorrindo

A Eritreia está entre os principais países onde o cristianismo não é bem visto e onde os cristãos são mais pressionados pelos extremistas islâmicos e pelo próprio governo que impõe severas restrições para quem decide seguir a Cristo. Não é uma tarefa simples evangelizar no Chifre da África, mas é no mínimo uma ação encorajadora quando se vê os resultados.

Titus* é um cristão de origem muçulmana que compartilhou seu testemunho com a equipe da Portas Abertas. “Quando aceitei Jesus como meu salvador tive tantas dúvidas e perguntas, e os irmãos responderam a todas elas pacientemente. Eles contaram sobre a criação, a queda, corrupção humana, sobre a cruz e sobre o céu. Eu me decidi por Cristo compreendendo que ele é o único caminho, por isso agora eu quero seguir seus passos”, disse ele.

Assim como Titus, muitos novos convertidos eritreus foram impactados pela palavra e agora enfrentam a perseguição extrema por estarem convictos de seu novo rumo na vida. Para alguns, essa jornada é um pouco mais dolorosa, já que vivem em prisões por causa da nova fé. A única possibilidade de serem libertados seria assinando uma declaração que contraria suas crenças. Muitos já morreram sendo torturados ou adoeceram sem direito a socorro médico simplesmente por serem cristãos.

Pedidos de oração

  • Ore por Titus e por todos os demais cristãos novos na fé para que sejam perseverantes e esperançosos, apesar da situação da igreja no país.
  • Titus ainda não contou à sua família sobre a decisão de seguir a fé cristã. Peça para que ele encontre o melhor momento e que o Espírito Santo trabalhe nos corações de seus familiares.
  • Interceda pelos líderes da igreja na Eritreia, para que estejam seguros apesar dos riscos e dos perigos que enfrentam no dia a dia.

* Nome e foto alterados por motivos de segurança

Juntos pela África
Os cristãos de alguns países da África Subsaariana enfrentam uma das piores perseguições de sua história. No dia 11 de junho, data escolhida para o Domingo da Igreja Perseguida 2017, juntos faremos mais pelos nossos irmãos dessa região.
Saiba mais  



Leia também
Testemunho de um irmão eritreu
“Aprendi a viver pela fé”

 

Comentários

  • rui freitas
    09 fev 2017 de 10:13
     

    Jesus está voltando

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios