O que a igreja no mundo pode fazer pelos cristãos na Síria?

“Não orem por nós, orem conosco, pois é isso o que nos dá força; orem pela paz em nosso país e orem com muita fé, pois temos esperança de que tudo vai melhorar”

13-siria-parque-aleppo

Atualmente, a Igreja em Aleppo, na Síria, enfrenta muitos desafios. “Há cada vez menos cristãos por aqui, muitos foram embora para proteger suas famílias. A igreja está menor”, disse Sarah* que tem apensas 21 anos e já enfrenta a perseguição religiosa. Ao ser questionada sobre o motivo que a mantém na cidade, sendo tão jovem e com muitas possibilidades de um futuro melhor em outro país, ela responde: “Eu amo viver em Aleppo, nasci aqui e sei que devo permanecer aqui. Esse lugar será melhor um dia e eu quero fazer parte dessa reconstrução”, disse.

Segundo a jovem “Aleppo era a cidade mais linda do mundo” e ela quer reconstruir essa beleza. “Não acho justo partir e deixar esse lugar numa situação tão precária. Eu tenho a convicção de que a cidade será ainda melhor do que era se os cristãos permanecerem aqui para lutar. Não dá para imaginar nossa terra sem uma igreja”, afirma.

Um dos colaboradores da Portas Abertas fez a seguinte pergunta à jovem: “O que a igreja no mundo pode fazer pelos cristãos na Síria?”. Ela claramente responde: “Não orem por nós, orem conosco, pois é isso o que nos dá força. Orem pela paz em nosso país e orem com muita fé, pois temos esperança de que tudo vai melhorar”, explica e finaliza: “Um dia, eu estava com tanto medo, que fui à igreja orar, pois eu não entendia mais nada. Perguntei a Deus ‘por quê?’ e então ele respondeu: ‘Tudo ficará bem, confie em mim’ e então eu senti muita paz em meu coração. Eu sei que Deus não vai falhar”, conclui.

*Nome alterado por motivos de segurança.

Leia também
Ore pela igreja na Síria

 

Comentários

  • Jucilene Câmara
    13 abr 2017 de 11:01
     

    Eu tive um sonho, muito real por sinal, com esse povo num campo de refugiados,eu estava nesse campo ajudando, correndo de um lado pro outro trabalhando para ajudá-los, espero que um dia, no tempo de Deus, eu possa chegar até lá. Deus abençoe a Síria.

  • abrão
    29 dez 2016 de 09:27
     

    A fé e firmesa em Cristo dos irmãos perseguidos me fortalece.

  • Davi
    17 dez 2016 de 02:34
     

    Estes irmãos são uma inspiração para todos os cristãos na terra. Bem aventurados são! Aleluia!

  • Cauninha
    13 dez 2016 de 13:29
     

    Queria fazer parte desta comunidade. Conhecer irmãos perseguidos, seria melhor do que está em qualquer parte do mundo com muita riqueza.

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios