Reféns assírios foram libertados – Agradeça a Deus por isso

Eles estavam entre os mais de 200 raptados de aldeias, no norte da Síria

29-siria-0430103272

No ano passado, em 23 de fevereiro, o Estado Islâmico (EI) raptou mais de 200 cristãos, de uma aldeia que fica ao longo do rio Khabour. De acordo com ativistas cristãos que trabalham na região e também com a Organização de Socorro à Igreja Assíria do Oriente (ACERO), 16 deles foram libertados, depois de serem mantidos em cativeiro. Uma lista com os nomes e sobrenomes dos reféns, incluindo homens e mulheres, foi emitida, indicando que alguns desses teriam alguma ligação familiar. Militantes do EI invadiram várias aldeias assírias, queimando igrejas e forçando centenas de famílias a fugir.

Além desses 16 reféns cristãos, o grupo já libertou outros 144 prisioneiros, após diversos apelos da Missão 'Demanda por Ação' (ADFA), um grupo de campanha pelas minorias no Oriente Médio, que disse anteriormente ao 'Christian Today' que a Igreja está trabalhando "dia e noite para garantir que todos voltarão para suas famílias com segurança". Mas eles questionam: "Será que algum dia haverá novamente um ambiente seguro para o nosso povo que vive lá?". Inicialmente, os militantes exigiram um resgate de cerca de 100 mil dólares por refém, totalizando US$23 milhões. Quando ficou claro que a comunidade assíria não podia pagar, o montante foi reduzido para uma média de US$12 milhões.

A Síria é o 5º país da Classificação da Perseguição Religiosa. As cenas que chegam de lá, diariamente, são difíceis de descrever, devido ao nível de perseguição. Mas, por outro lado, os testemunhos de fé e de coragem que são ouvidos, de cada um deles, são verdadeiras lições de vida. Portas Abertas está presente na Síria em tempo integral, dando assistência de todas as formas, através de alimentos, remédios, treinamentos e apoio emocional, psicológico e espiritual. Ajude também esses cristãos através de suas orações e agradeça a Deus pelos reféns que já estão livres.

Iraque e Síria esperam por nós 
Todos os dias, vemos e ouvimos nos meios de comunicação histórias de refugiados, e sabemos que eles precisam de nossa ajuda e de nossas orações. É por esse motivo que convidamos você a participar do Domingo da Igreja Perseguida (DIP) em 2016, um dia de intercessão pelos cristãos perseguidos ao redor do mundo.

Leia também
Cristãos são a luz de Deus em meio à guerra

 

Comentários

  • Abrão
    29 dez 2016 de 09:24
     

    Não canso de orar pela igreja na Síria. Espero do Senhor grandes coisas de libertação e fim da guerra.

  • Ingride Carlota Reimer Rossi
    06 fev 2016 de 15:56
     

    Obrigada, Irmãos, pelas noticias da Síria - oramos desde já por ela e pelo Iraque -, para apresentar no DIP em nossa Igreja.

  • DEUS SEJA LOUVADO!
    31 jan 2016 de 08:48
     

    QUE DEUS OS SUSTENTE SEMPRE.

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios