Cristã relata sobre seus dias no cativeiro

"Posso dizer que vi o cumprimento de muitas coisas que li na Bíblia"

Mercy_noticia2015_0270100600.jpg

Mercy* é uma mulher de 22 anos, do estado de Borno, no nordeste da Nigéria, e que foi sequestrada em junho de 2014, quando o Boko Haram invadiu a pequena cidade de Gwoza onde ela morava. Essa é a primeira vez que ela fala sobre as cinco semanas que permaneceu em cativeiro, onde foi forçada a um casamento, e onde foi obrigada a assistir a vários assassinatos e submetida às exigências dos seus captores para seguir o islã.

"Todo mundo na cidade correu para se salvar. Meu pai e eu fomos separados. Eu não sei o que aconteceu com ele. Eu acho que ele morreu da mesma maneira que muitos outros morreram, porque eles se recusaram a negar a Cristo. Eu e outras quatro mulheres fomos levadas sob ameaças de espancamento, caso não obedecêssemos às ordens", relata Mercy.

"Meu primeiro dia foi um inferno, eu chorava muito, mas também orava pedindo a Deus para me dar coragem. Fomos interrogadas, eles nos convidaram a nos tornar muçulmanas. As mulheres aceitaram imediatamente e se casaram com membros do Boko Haram. Eu implorei dizendo ser cristã, então apanhei muito e me forçaram a casar com um deles. Participei de ensinamentos islâmicos e orações. Também fui torturada. Vi muitos cristãos sendo mortos, mas não negaram a sua fé. Posso dizer que vi o cumprimento de muitas coisas que li na Bíblia. Graças a Deus fui resgatada após uma campanha do governo e mesmo vivendo entre ruínas agora, sou grata a Jesus porque estar viva e livre", conclui a cristã.

*Nome alterado por motivos de segurança.

 

Comentários

  • niriene
    10 nov 2016 de 22:38
     

    olha parabéns por ser uma serva tão leal ao senhor´, as vezes na primeira dificuldade negamos a Deus; fico feliz pela sua liberdade e continue assim forte ao nosso senhor jesus cristo;espero que muitos se inspire em vc.que jesus esteja com vc; e com todos os nossos irmãos que luta a cada dia para levar a palavra do senhor;aqueles que não conhecer suas maravilhas; porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo que nele crer não pereça mais tenha a vida eterna.

  • Edcarlos Liberato
    06 set 2016 de 04:17
     

    Irmã Mercy só Deus para dar forças a Voces, que continuem perseverando no senhor, saiba que estarei orando por voce e por toda a igreja perseguida. Estaremos junto com a nossa igreja local enviando mensagens de conforte a voce. Um forte abraço e que o nosso senhor Jesus Cristo continue guardando voce.

  • Maria de Lourdes Maciel Salvadori
    02 set 2016 de 15:31
     

    A Graça e a Paz do Senhor Jesus. Irmã mesmo não a conhecendo sinto me alegre em ver que mesmo diante de tanto sofrimento está ainda mais convicta do amor de Jesus, do cuidado que Papai teve e tem você, é muito triste vermos o sofrimento dos homens nessa terra, não passei nem um pedacinho desse sofrimento que a irmã passou mas essa fé nesse Pai tenho como a irmã e eu creio na sua Palavra. Como a irmã disse que vivenciou o cumprimento da Palavra quando muitos não negaram a sua fé.Louvado seja Deus que tem nos sustentado, pois Jesus deixou claro qdo nos disse que teríamos aflições,ele venceu!!Ele fala para termos bom ânimo. Amada irmã em Cristo Jesus, tenha mesmo o bom ânimo e serás vitóriosa a cada dia mais. Que o Senhor q fortaleça sendo esse referencial nesse tempo que o Senhor preparou para você. Deus a abençoe!!! Meu coração chora de alegria por ver que continua a Glorificar o nome que é sobre todo Nome Jesus.

  • fRANCISCO BARBOZA DE LIMA LIMA
    02 jan 2016 de 16:09
     

    muito forte

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios