Embaixador sudanês apoia a “Resolução dos Direitos Religiosos” na Indonésia

A Indonésia é o maior país muçulmano, do mundo, com mais de 200 milhões de fiéis; em determinadas regiões de seu território os cristãos encontram forte rejeição e perseguição

Ibrahim Bushra Mohamed Ali, embaixador sudanês na Indonésia, declarou seu apoio à “Resolução dos Direitos Religiosos” no país após uma reunião com a equipe dos Embaixadores da Paz, uma organização que promove a tolerância religiosa no mundo.

O embaixador reuniu-se com o grupo e outros embaixadores árabes  na casa de Mohammad Hassan Dawodieh, embaixador da Jordânia na Indonésia, para ouvirem as propostas sobre os objetivos do grupo.

Na mesma reunião encontravam-se também embaixadores do Egito, Palestina, Tunísia, Líbia, Argélia, Marrocos, Iêmen e Omã, e todos mostraram grande interesse na apresentação feita pelo presidente do grupo, Ameal Haddad, e o co-fundador, Garry Ansdell, que falaram sobre os objetivos dos Embaixadores da Paz.

Eles declararam que a liberdade religiosa tem a capacidade de trazer a paz entre as pessoas, pois promove um diálogo livre e aberto entre as diferentes religiões.
Inquirido sobre sua opinião, o embaixador sudanês respondeu: “eu acho uma ótima ideia, porque nós como seres humanos devemos ser tolerantes uns com os outros”. O Sudão é um país que sofreu violência sectária na longa guerra civil resultando na divisão territorial do país em Sudão e Sudão do Sul. Perguntaram ao embaixador se ele acreditava que a intolerância religiosa era a  razão das grandes guerras do mundo.

“Sim”, disse ele, com firmeza. “É a fonte de todos os males. No entanto, se formos mais tolerantes, se nós apenas aceitarmos uns aos outros e recorrermos ao diálogo e aosmeios pacíficos para resolver nossos problemas, estes não existirão mais.”

“Mas se sempre recorrermos à violência e acharmos que somos os ‘donos da verdade’ eque os outros estão errados, isso só irá aumentar a miséria e os problemas no mundo”, disse o embaixador sudanês.

Adquira o DVD Uma Jornada de Perdão e conheça a emocionante história de familias indonésias.

FonteANS – Assist News Service
TraduçãoLucas Gregório
 

Comentários

  • Euclydes Cruciti
    30 mar 2012 de 21:51
     

    Creio que as orações do povo de Deus está movendo o coração daqueles que podem fazer alguma coisa para mudar esse triste quadro de intolerancia que paira nos paises muçulmanos. O dialogo e a tolerancia, é o caminho para um mundo mais humano e cordial. Glória seja dada ao Deus todo poderoso.

  • RENATA CARAVANTE
    30 mar 2012 de 17:28
     

    ISSO É RESULTADO DE NOSSAS ORAÇÕES.O MELHOR DE DEUS JÁ ESTÁ POR VIR.GLÓRIAS E GLÓRIAS AO NOSSO DEUS PAI.

  • Xênia França
    29 mar 2012 de 11:37
     

    DEUS FAZ INFINITAMENTE MAIS QUANDO CLAMAMOS E CREMOS! GLÓRIA DEUS... INTERCEDAMOS MAIS E MAIS PELOS OS NOSSO IRMÃOS PAZ!

  • Xênia França
    29 mar 2012 de 11:16
     

    DEUS FAZ INFINITAMENTE MAIS QUANDO CLAMAMOS E CREMOS! GLÓRIA DEUS... INTERCEDAMOS MAIS E MAIS PELOS OS NOSSO IRMÃOS PAZ!

  • Vera Lucia de souza
    29 mar 2012 de 10:32
     

    Glórias a Deus pela atitude dos Embaixadores da Paz.

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios