Pais e extremistas islâmicos surram jovem cristã, na Índia

Rekha Khatoon, uma jovem de 22 anos, foi expulsa de casa por testemunhar ter sido curada por Jesus, em um vilarejo predominantemente muçulmano no estado de Bengala Ocidental, na Índia. Seus pais ajudaram os extremistas a surrá-la, até quase perder a consciência

O ataque a Rekha Khatoon, ocorreu em Nutangram, Murshidabad, onde muçulmanos extremistas ameaçaram matar 25 famílias que inicialmente demonstraram interesse por Cristo, das quais  somente cinco, assustadas, permaneceram.

“Eu disse com ousadia àqueles que me surraram que posso deixar meus pais, mas não deixarei Jesus, disse Rekha. Jesus me curou e não posso esquecê-lo”.

Rekha estava voltando de um culto da Igreja dos Crentes, no Salão de Al Hamdulilah, quando seus pais e os extremistas a atacaram, disse ela. Eles a chamaram de pagã, entre outras ofensas. A multidão também insultou a cristã que encorajou Rekha a confiar em Jesus como Senhor, Aimazan Bibi, disse Bashir Pal, pastor e fundador da Igreja dos Crentes.

"Na mesma noite, o pai de Rekha, Nistar Shaike, e cerca de 20 radicais muçulmanos cercaram a casa de Aimazan, gritaram slogans anticristãos, ameaçaram fazer mal a ela e a sua família e a acusaram falsamente de ‘persuadir’ Rekha a se converter ao cristianismo", contou o Pastor Bashir à Compass Direct News.  

Após se ver só em uma estrada, depois da surra, Rekha se refugiou no lar de Aimazan Bibi. Rekha conheceu Amaizan Bibi no ano passado e lhe contou sobre sua doença no aparelho reprodutor que a fazia sangrar muito e a mulher idosa compartilhou com ela do Evangelho de Cristo e de Seu poder curador, disse o Pastor Bashir.

“Após Rekha saber de sua doença, ela conheceu um dos membros de nossa igreja, Aimazan Bibi, e compartilhou de seu problema físico com ela, contando-lhe que sua doença estava ficando pior, por ela não poder comprar mais remédios”, disse ele.

Aimazan também convidou Rekha para frequentar a igreja. Em 23 de outubro, Rekha veio ao local de culto, onde mulheres cristãs lhe impuseram as mãos, disse ele. O pastor e a congregação pediram a Deus, em o nome de Jesus pela cura de Rekha.

“Ela recebeu a cura de Cristo e, desde então, passou a frequentar os cultos sempre que podia”, disse o Pastor Bashir. “Em 17 de janeiro, Rekha compareceu a uma reunião da igreja doméstica em seu vilarejo e, mais uma vez, testemunhou que Jesus a curara, e que ela não havia tomado nenhum remédio desde 23 de dezembro”.

Ele disse que os extremistas muçulmanos alertaram Rekha para não ter contato com os cristãos. Ao saber que ela estava frequentando cultos cristãos, seus pais a avisaram para não se relacionar com cristãos e não participar de suas reuniões, disse Aimazan Bibi.

“Entretanto, ela lhes disse que não podia esquecer Jesus, nem Seu amor por ela”, disse.

A esposa do Pastor Bashir, Anasea Pal, enfermeira, acrescentou que, em outra reunião da igreja doméstica, Rekha trouxe sua irmã e testemunhou sobre a cura que recebera. Rekha, desde então, se mudou para outro local, onde vive confinada a maior parte do tempo, para sua proteção.

Rekha e sua mãe já tinham frequentado cultos na igreja anteriormente. Isto foi em 2009 até que muçulmanos da região, furiosos em ouvir que várias mulheres estavam frequentando os cultos, avisaram-nas para cessar todos os contatos com cristãos ou sofreriam as consequências. A mesquita da região, então, ofereceu à mãe de Rekha um emprego de levar comida para o líder islâmico local para assegurar-se de que  ela não teria mais contatos com cristãos.  Ela também impediu que Rekha frequentasse as reuniões cristãs.

As tensões predominam na região, com radicais muçulmanos furiosos ameaçando causar danos às cinco famílias cristãs sob qualquer pretexto. Além de assediar Aimazan Bibi, os extremistas arruinaram o negócio de seu filho, Sirajul Shaike, jogando fora todos os seus vegetais e perseguindo-o fora do mercado do vilarejo.

“Está muito difícil para eles agora, uma vez que vender vegetais é a principal fonte de renda da família”, disse o Pastor Bashir.

Os cristãos de Nutangram têm suportado todo o tipo de tortura física e boicote social nas mãos dos extremistas, disse o Pastor, acrescentando que eles não permitem mais, a entrada de cristãos no vilarejo.

Assista abaixo ao vídeo "O poder de Deus operando na Índia" e outros vídeos sobre a Igreja Perseguida em nossa página no YouTube.

FonteCompass Direct
TraduçãoGetúlio Cidade
 

Comentários

  • silvanaoliveira
    01 abr 2015 de 22:02
     

    [porque eu, o senhor, teu Deus, te tomo pela mão direita e te digo: Não temas, que eu te ajudo.] ISAIAS;41-13

  • joselia
    29 mar 2012 de 18:49
     

    Deus opera milagres em nossas vidas,basta apenas cre.e tudo se cumprira segundo a sua vontade.

  • VERA LUCIA DE SOUZA
    28 mar 2012 de 16:28
     

    MINHA ORAÇÃO É QUE COMO REKHA,MUITAS OUTRAS MULHERES CONHEÇAM ESTE AMOR DE CRISTO E SAIBAM O QUANTO SÃO AMADAS E VALORIZADAS POR DEUS.

  • VERA LUCIA DE SOUZA
    28 mar 2012 de 16:24
     

    MINHA ORAÇÃO É QUE PELO TESTEMUNHO DE REKHA MUITAS OUTRAS MULHERES INDIANAS ENCONTREM ESTE AMOR EM CRISTO E SAIBAM COMO DEUS AS AMA E VALORIZA.

  • adriano oliveira gomes
    27 mar 2012 de 11:15
     

    gloria a deus por seu agir, que coisa maravilhosa .fico muito feliz cada vez que vejo essas noticias pois sou apaixonado pela igreja perseguda. oro todos os dias pelos irmaos perseguidos

  • Eliete
    27 mar 2012 de 09:20
     

    Fico feliz pela cura dessa jovem,isso é mais uma prova de que nosso Deus operou no passado, opera no presente e continuar operando no futuro. Ficarei orando por e os demais.

  • Brenda
    27 mar 2012 de 02:36
     

    Glòria a Deus pela cura e porque ela sabe que Jesus a ama! Mas ai daquele que tocar no ungido do Senhor. Eles não sabem o que estão fazendo.

  • diego santos silva
    26 mar 2012 de 23:05
     

    fico feliz por essa jovem ter a coragem de aceitar a cristo e servi r somente a ele,são pessoas assim que o senhor quer usar nesse tempo, e agora teve nosso de orar e manda sustento pra essa jovem e outros que estão la passado preserguisão.

  • edith puri dos santos
    26 mar 2012 de 20:38
     

    glorias a DEUS,como jesus é maravilhoso.que testemunho abençoado,isso so nos mostra que temos que continuar crendo,por nosso DEUS esta vivo e operando milagres e maravilhas.

Deixe seu comentário

*
*
 
*
*Campos obrigatórios