Perguntas frequentes

Missão Portas Abertas ou Portas Abertas Brasil
Missão Portas Abertas é nome jurídico (razão social) do ministério, isto é, o nome que consta em seus documentos legais.

Portas Abertas Brasil é o nome que passamos a usar para facilitar a comunicação e fazer paralelo ao nome de outras bases do ministério, como Portas Abertas Holanda, Portas Abertas França, Portas Abertas Estados Unidos, Portas Abertas Internacional e assim por diante.

 

Portas Abertas Internacional e Portas Abertas Brasil
A Portas Abertas Internacional (ou Open Doors International – ODI) é o escritório central do ministério e atua em conjunto com dois tipos de escritórios, chamados "bases": as bases de campo e as bases de desenvolvimento.

As bases de campo elaboram e executam os projetos e são responsáveis por prestar informações sobre a situação dos cristãos perseguidos nos respectivos países ou regiões em que atuam, bem como sobre o andamento dos projetos e suas finanças.

As bases de desenvolvimento são responsáveis por engajar parceiros (doadores e colaboradores) e levantar fundos para a execução dos projetos no campo. As doações arrecadadas são transferidas para a Portas Abertas Internacional, que as direciona para os projetos de campo. Clique aqui para ver a relação das bases de desenvolvimento (https://www.portasabertas.org.br/about/escritorios/).

Portas Abertas Brasil é uma base de desenvolvimento e foi inaugurada em 1o de maio de 1978.

Todas as bases têm seus demonstrativos financeiros auditados anualmente, garantindo-se a aplicação dos valores nos projetos divulgados. Além disso, a Portas Abertas Internacional mantém um departamento de auditoria interna desde janeiro de 2010.

 

Portas Abertas é uma agência missionária?
A Portas Abertas não é uma agência missionária, pois não envia missionários. O foco do ministério é servir os cristãos que vivem em nações onde o cristianismo é proibido ou limitado a fim de que perseverem na fé. Assim, os próprios cristãos locais terão condições de compartilhar a salvação em Jesus.

No entanto, muitos de nossos projetos são executados em parceria com outras organizações missionária, às vezes de forma anônima. Cremos que não há nada do que nos vangloriar. Queremos exaltar o Senhor Jesus ao fortalecer os cristãos perseguidos.

 

Portas Abertas é ecumênica?
A Portas Abertas não é ecumênica. É uma organização cristã interdenominacional, de linha protestante.

Como cristãos, aceitamos a revelação do Deus trino, dada por intermédio das Escrituras do Antigo e Novo Testamentos, confessando a fé histórica do evangelho neles apresentada.

Como organização cristã, a Portas Abertas adota o credo dos apóstolos:

"Creio em Deus Pai, Todo-poderoso, Criador do céu e da terra. Creio em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido por obra do Espírito Santo; nasceu da virgem Maria; padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; ressurgiu dos mortos ao terceiro dia; subiu ao Céu; está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir julgar os vivos e mortos. Creio no Espírito Santo; na Santa Igreja de Cristo; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição do corpo e na vida eterna. Amém."

 

Portas Abertas atua em quais países?
Atualmente, temos projetos em mais de 60 países onde há perseguição religiosa a cristãos. Muitos desses países estão dentro da chamada Janela 10x40, mas o trabalho não está restrito à Janela 10x40.

Por motivo de segurança, não divulgamos nossa presença em muitos locais.

Além desses países, também atuamos em países onde não há perseguição religiosa por meio de nossos escritórios de divulgação da causa da Igreja Perseguida. Clique aqui para ver a relação das bases de desenvolvimento.

 

Portas Abertas tem projetos no Brasil?
Segundo o Irmão André, fundador da Portas Abertas, "perseguição não se refere a casos individuais, mas a quando um sistema político ou religioso tira a liberdade de um cristão ou seu acesso à Bíblia, restringe ou proíbe o evangelismo de jovens e crianças, atividades da igreja e de missões".

Para ele, não é legítimo usar o termo perseguição para descrever uma tragédia individual que ocorre numa sociedade que concede liberdade religiosa. É um termo que deve ser reservado para comunidades inteiras que enfrentam campanhas organizadas de repressão e discriminação, como em muitos países do Oriente Médio.

Segunda essa definição, não consideramos o Brasil como campo para o ministério específico da Portas Abertas.

Nosso escritório no Brasil existe para conscientizar e mobilizar os cristãos brasileiros a se envolverem no serviço aos cristãos perseguidos de outros países, por meio de oração, divulgação, mobilização e doação.

 

Quantos cristãos são perseguidos no mundo atualmente?
A perseguição atinge cerca de 215 milhões de cristãos hoje.

Essa estimativa é baseada na população cristã dos países onde há perseguição.

 

O que é a Igreja Perseguida?
Quando usamos o termo "Igreja Perseguida" estamos nos referindo aos cristãos perseguidos por sua fé que sofrem restrições, perseguições, prisões ou até mesmo a morte por crer em Jesus Cristo.

Segundo o Irmão André, fundador da Portas Abertas, "perseguição não se refere a casos individuais, mas a quando um sistema político ou religioso tira a liberdade de um cristão ou seu acesso à Bíblia, restringe ou proíbe o evangelismo de jovens e crianças, atividades da igreja e de missões".

Para ele, não é legítimo usar o termo perseguição para descrever uma tragédia individual que ocorre numa sociedade que concede liberdade religiosa. É um termo que deve ser reservado para comunidades inteiras que enfrentam campanhas organizadas de repressão e discriminação, como em muitos países do Oriente Médio.

 

Existe cristão secreto? O que é isso?
"Cristão secreto" é um termo usado para aqueles que reconheceram Jesus Cristo como seu salvador pessoal, mas não tornam sua fé pública em decorrência da gravidade da perseguição que poderão enfrentar.

Em algumas culturas, os cristãos são bastante discriminados, tratados como cidadãos de terceira classe. Em outras culturas, os cristãos são considerados infiéis e, por isso, correm o risco de perder a guarda dos filhos, ser mortos por seus próprios parentes, expulsos de casa e até privados de água e comida.

 

Como fazer contato com um cristão perseguido?
Por meio de campanhas de cartas e cartões postais.

Você pode ser um instrumento de bênção na vida desses irmãos, a partir de um gesto bem simples: escrever cartões.

Clique aqui e veja como participar de campanhas de cartas e cartões de encorajamento.

As campanhas de cartas e cartões seguem um planejamento cuidadoso. Nós as entregamos, mas não temos como garantir nem intermediar o contato direto dos cristãos perseguidos com os irmãos do Brasil.

Publicamos em nossa revista e site algumas fotos e testemunhos desses irmãos que receberam as cartas, mas, por questão de segurança ou até por causa da grande quantidade de cartas, eles não têm possibilidade de respondê-las.

Por meio de viagens ao campo.

Todos os anos, a Portas Abertas realiza viagens de campo para alguns países, de modo a promover o encontro e a interação entre cristãos livres e cristãos perseguidos.

Para informações clique aqui.

Devido a várias questões de segurança, Portas Abertas Brasil não fornece nenhum tipo de endereço, telefone ou e-mail pessoal dos cristãos perseguidos que servimos.

 

Como receber a revista Portas Abertas?
Para receber a revista mensalmente em seu endereço durante um ano, basta fazer uma doação de R$ 40,00. Esse valor corresponde aos custos de produção e postagem da publicação durante o período.

Para mais informações, você pode:

- clicar aqui

- telefonar para (11) 2348 3330

- ou mandar um e-mail para falecom@portasabertas.org.br

 

Como presentear alguém com a revista Portas Abertas por um ano?
É preciso informar os dados completos de seu amigo: nome completo, endereço de correspondência com CEP, data de nascimento, e-mail e telefones de contato.

Esses dados devem ser enviados juntamente com o comprovante do depósito bancário de R$ 40,00.

Ou para mais informações, você pode:

- clicar em http://catalogo.portasabertas.org.br/catalogo/detalhe_produto.asp?id=8 (aqui você informaria os dados pessoais de seu amigo)

- telefonar para (11) 2348 3330

- ou mandar um e-mail para falecom@portasabertas.org.br

Os dados para depósito bancário:

Banco do Brasil - ag.3065-1 - c/c 70106-8
Banco Bradesco - ag.0156 - c/c 40500-0
Banco Itaú - ag.0192 - c/c 81146-1

As doações via internet exigem a identificação do CNPJ da Missão Portas Abertas (CNPJ 50671510/0001-69).

Após o depósito, envie-nos o comprovante, por fax ou e-mail, para identificarmos sua doação e fazermos as devidas anotações do cadastro de seu amigo.

Fone/fax: (11) 2348 3330

E-mail: falecom@portasabertas.org.br

 

Por que a Portas Abertas manda boletos? O pagamento dos boletos é obrigatório?
O envio de boletos bancários foi a forma que a Portas Abertas encontrou para facilitar a doação daqueles que querem e podem contribuir com o serviço aos cristãos perseguidos. Isso porque a doação via boleto é automaticamente identificada – quem é o doador, o valor doado e o projeto-destino da doação.

É importante esclarecer que não se trata de cobrança. O valor que consta no boleto é apenas uma sugestão e pode ser alterado para mais ou para menos. Caso não queira ou não possa doar, fique tranquilo, basta ignorar o boleto.

Ninguém é acionado no SCPC/Serasa por não pagar um boleto de doação da Portas Abertas.

 

Preciso avisar que paguei o boleto?
Não é necessário avisar o pagamento dos boletos bancários.

O código de barras informa ao nosso sistema o nome do doador, o valor e a qual projeto se destina a doação.

 

Como faço se não puder doar o valor sugerido?
O boleto não é uma cobrança, por isso, basta alterar o campo do valor, colocando à caneta a quantia que desejar doar. Todos os boletos, inclusive os do carnê, podem ser alterados no ato do pagamento.

 

Posso pagar o boleto após o vencimento?
Sim, é possível pagar o boleto após o vencimento, sem nenhum encargo de juros, porque não se trata de uma cobrança, mas de uma doação.

No entanto, há uma limitação operacional por parte do banco: o pagamento só poderá ser feito nas agências do Bradesco.

 

Posso doar mais de uma vez com o mesmo boleto?
Infelizmente, o boleto só pode ser usado uma vez.

Mas se você quiser doar para o mesmo projeto mais de uma vez, entre em contato conosco para solicitar um novo boleto.

 

Minhas doações podem ser deduzidas no Imposto de Renda?
Para uma instituição brasileira garantir o direito à dedução de sua doação no Imposto de Renda, a entidade que recebe a doação deve ter um certificado de filantropia emitido por um órgão oficial e realizar projetos no próprio país.

Embora a Missão Portas Abertas seja uma organização não governamental brasileira, de caráter assistencial, ela não tem certificado de filantropia e seus projetos assistências não são feitos no Brasil.

Os recursos que arrecadamos no Brasil são enviados à Portas Abertas Internacional, que, por sua vez, destina os recursos aos países em que há projetos de socorro aos cristãos perseguidos.

 

Preciso ter 18 anos para doar?
Há leis no Brasil que proíbem menores de 18 anos de fazerem doações sem a autorização por escrito dos pais ou responsáveis. Por essa razão, a Portas Abertas não envia publicações que contenham boletos bancários aos jovens

Caso necessite de um modelo de documento para que o menor possa fazer doações em seu próprio nome, seja por carnê ou qualquer outro meio de envolva boletos, solicite pelo e-mail falecom@portasabertas.org.br.

Conheça o ministério de jovens da Portas Abertas, o www.underground.org.br .

Como atualizar meu endereço de correspondência?
Basta você preencher novamente seus dados nesta ficha de cadastramento: https://www.portasabertas.org.br/envolva/cadastrese/, ou, se preferir, envie um e-mail com seu nome completo e o novo endereço para falecom@portasabertas.org.br .

Não estou recebendo correspondências da Portas Abertas.
Neste caso, ligue diretamente para nosso Canal de Relacionamento pelo (11) 2348.3330, ou escreva para falecom@portasabertas.org.br .

Extrato de doações.
Clique em http://extrato.portasabertas.org.br

Onde encontro meu código de parceiro?
O seu código de parceiro consta na etiqueta de endereçamento nas correspondências da Portas Abertas para você.

 

Como agendar uma visita de um Correspondente Local em minha igreja?
Clique em https://www.portasabertas.org.br/ministerios/convidecls/ e, por favor, preencha os dados na ficha.