Irã

A principal fonte de perseguição no Irã é o extremismo islâmico. Devido à pressão do governo, quase todas as igrejas que fizeram cultos na língua persa foram fechadas nos últimos cinco anos e seus líderes foram presos.

Continue lendo
Mais de 190 cristãos foram presos. A situação geral de perseguição no Irã é causada por um governo islâmico estrito, que tem o objetivo de erradicar ou restringir qualquer influência – incluindo o cristianismo – que possa ameaçar sua posição de poder. Parece haver uma conexão entre igrejas subterrâneas e o aumento do número de cristãos presos.

Além disso, o acordo nuclear de 2015 resultou em uma nova escalada da luta de poder entre os elementos reformistas e conservadores do cenário político iraniano. O último está suprimindo todos os elementos considerados uma ameaça ao caráter islâmico do regime: por exemplo, os iranianos que se associam a minorias ocidentais e religiosas, incluindo os cristãos.

Saiba mais.

 
Pedidos de oração

  • Ore para que os cristãos nas prisões do Irã tenham amor genuíno por seus guardas e companheiros.
  • O islã é a religião oficial no país. Todas as leis devem ser consistentes com a interpretação oficial da sharia (lei islâmica). Qualquer muçulmano que deixa a religião enfrenta a pena de morte. Clame para que as leis mudem, permitindo a liberdade de religião.
  • Para muitas famílias muçulmanas, é muito triste quando um de seus membros deixa o islã. Interceda pelos cristãos que foram amaldiçoados e desprezados por suas famílias muçulmanas.