Eritreia

Somando 82 pontos, a Eritreia alcança o 10º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2017. Em 2016, o país ficou na 3a posição, alcançando 89 pontos, quando muitos cristãos morreram enquanto tentavam fugir do país. Isso explica a queda de 7 posições na Lista.

Continue lendo
O nível de violência diminuiu em mais de 50%, mas permanece elevado. A pressão sobre os cristãos continua alta e é exercida principalmente pelo governo do presidente Isaias Afewerki e membros do partido no poder, a Frente Popular para a Democracia e a Justiça (PFDJ).

Além disso, o governo tem medo tanto da ação do islã radical quanto do evangelismo cristão, por isso interrompeu os projetos e a ajuda das ONGs internacionais que estavam atuando no país. O governo também restringiu a entrada de trabalhadores cristãos estrangeiros.

Um grande número de cristãos eritreus foi submetido a severas regulamentações impostas pelo Estado. Em 2002, as autoridades da Eritreia anunciaram uma nova política de registro. Muitas instituições optaram por não cumprir com isso, pois poderia colocar em perigo a segurança de seus membros.

Estima-se que haja muitos cristãos que ainda estão na prisão em razão da fé. Infelizmente, é muito difícil dizer o número exato dos que morreram nas prisões devido à tortura, não permissão de acesso a cuidados médicos e negligência. Atualmente, os cristãos enfrentam a pior perseguição na história da igreja na Eritreia.

Saiba mais.

 
Pedidos de oração

  • Ore para que o Espírito Santo console os refugiados eritreus, muitos dos quais fugiram por razões econômicas e pelo prolongado serviço militar obrigatório.
  • Muita pressão vem do presidente Isaias Afewerki e seu governo no poder. Peça para que ele encontre a verdadeira vida e realização em Cristo. Clame pela intervenção de Deus na Eritreia.
  • Milhares de cristãos foram presos ao longo dos anos, alguns dos quais ainda permanecem na prisão há 10 ou 11 anos. Ore pelos irmãos e irmãs presos sob condições desumanas, que ainda assim possam ser luz onde estiverem.