Colômbia

Durante décadas, grupos armados ilegais se opuseram fortemente aos cristãos. Eles consideram os cristãos inimigos, espiões que fornecem informações para outros países.

Continue lendo
Por essa razão, os grupos não permitem que os fiéis ocupem seus territórios. Isso continua, apesar do processo de paz que está acontecendo em Cuba desde 2012, com o maior grupo guerrilheiro da Colômbia, Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

Os guerrilheiros também são conhecidos por recrutar crianças colombianas. Cerca de 18 mil foram recrutadas desde o início dos conflitos. Embora não se saiba quantas delas eram de famílias cristãs, descobriu-se que eles preferem recrutar crianças cristãs porque elas tendem a ser mais obedientes. Por essa razão, Portas Abertas estabeleceu um centro de crianças na Colômbia. Um lugar para proteger as crianças cujas famílias cristãs foram ameaçadas ou deslocadas, bem como aquelas que correm o risco de ser recrutadas.

Em regiões rurais como Arauca, Putumayo e Guaviare, grupos armados ilegais estão no controle. Igrejas são fechadas e ocorrem atos violentos contra cristãos. Muitos já perderam a vida como resultado da perseguição. Essa é a outra parte significativa da igreja na Colômbia. Esses cristãos são discriminados e deslocados por seus líderes indígenas.

A Portas Abertas apoia esses irmãos com treinamento e centro de educação cristã para crianças.

Saiba mais.

 
Pedidos de oração

  • Os cristãos são muito vulneráveis à hostilidade. Clame por uma mudança que venha com cura e paz para o país.
  • Peça por esperança para os cristãos que recebem algum tipo de ameaça. Que eles encontrem força em Deus para permanecerem firmes na fé.
  • Ore para que o Senhor console os cristãos que tiveram membros da família assassinados em razão da fé. Peça que tenham graça para perdoar seus perseguidores.