China

A China é um país muito diversificado. Enquanto a campanha para derrubar cruzes na província de Zhejiang parece ter cessado, as reuniões da igreja continuaram a ser interrompidas em várias províncias.

Continue lendo
Essas perturbações ocorreram especialmente quando estrangeiros assistiam às reuniões, a mídia estrangeira estava envolvida ou a reunião era considerada importante.

O objetivo da liderança de manter o poder inclui o controle de todas as religiões. A questão do cristianismo, como regulá-lo e seu crescimento estão ganhando peso. Há rumores de que as religiões serão cada vez mais controladas pelo Partido Comunista. Isso complicaria a situação para os cristãos, pois colocaria toda a supervisão diretamente nas mãos do Partido.

Em relação a isso, um tema quente de debate é o crescimento da igreja. Embora as cifras oficiais apontem para um baixo número de cristãos, outras estimativas dizem que o número supera ao dos membros do Partido Comunista, que se estima em torno de 88 milhões. Outras estimativas apontam para o número de cristãos na casa de 130 milhões. De fato, o cristianismo é a maior força social organizada fora do Partido Comunista.

Embora haja mais liberdade do que há trinta anos, a perseguição ainda continua, inclusive entre a maioria chinesa han, e o espaço está se estreitando, como a introdução do projeto de regulamentos sobre a religião e a nova lei das ONGs está mostrando.

Saiba mais.

 
Pedidos de oração

  • Interceda pelo crescimento de cristãos ex-muçulmanos uigur e de cristãos tibetanos ex-budistas. Embora ultimamente haja mais liberdade para os cristãos na China, nas pequenas comunidades, os convertidos continuam a sentir pressão da família, amigos e comunidade.
  • Ore para que os cristãos chineses alcancem os muitos ateus e confucionistas que ainda não ouviram o evangelho. Que eles sejam sábios no falar e ajam com amor.
  • Peça para que Cristo se revele aos oficiais de governo que procuram controlar a igreja.