Butão

Com uma soma de 61 pontos, o Butão está em 30º na Lista Mundial de Perseguição 2017. Em 2016, o país estava em 38º, com 56 pontos. Um quinto desse aumento deve-se ao crescimento da violência, e o restante, ao aumento da pressão espalhada em quase todas as áreas da vida (com destaque para a comunidade e a igreja).

Continue lendo
O Butão tem dois vizinhos gigantes: Índia e China. A democracia continua desenvolvendo raízes mais firmes, embora em um clima em que todas as partes concordam com o domínio do budismo e endeusem seu rei.

Após as eleições de 2013, a oposição tomou o poder tranquilamente. Os cristãos, que são uma modesta minoria entre os butaneses, ainda carecem de reconhecimento formal.

Dois pastores foram presos em março de 2014 sob acusações de evangelismo e liberados oito meses depois. O caso mostra que o cristianismo ainda é visto como uma religião estrangeira e perigosa.

Os cristãos continuam sendo monitorados e seus encontros de adoração podem ser ameaçados e fechados.

Saiba mais.

 
Pedidos de oração

  • Interceda pelos irmãos que deixaram o budismo. Que eles resistam à pressão.
  • O budismo é a herança espiritual de Butão e tem sido assim por séculos. Embora o país seja oficialmente um Estado secular, os cristãos continuam a ser rejeitados e perseguidos. Clame para que o controle do budismo sobre o país diminua.
  • Ore pelos cristãos convertidos que enfrentam uma forte pressão da família, amigos e vizinhos para negar a fé. Que eles possam ser fortalecidos.
  • Clame para que o Senhor suavize os corações de suas comunidades e os torne receptivos ao evangelho.