Bangladesh

No ano passado, a violência dos grupos radicais islâmicos no Bangladesh teve como inspiração as ações de grupos extremistas internacionais como o Estado Islâmico. Isso fez piorar ainda mais a situação dos cristãos que vivem no país.

Continue lendo
Em 2016, a nação estava em 35º lugar na Lista Mundial da Perseguição e este ano subiu para 26o. Isso prova que a minoria religiosa está exposta ao crescente número de ataques. O forte conservadorismo da sociedade colaborou para esse resultado.

Aumentou o nível de violência e também a pressão espalhada em todas as áreas da vida dos cristãos bengaleses. Embora o país continue se declarando secular de acordo com a Constituição em vigor, os islâmicos radicais continuam espalhando medo e insegurança às comunidades e famílias. Convertidos ao cristianismo estão sendo cada vez mais monitorados, especialmente aqueles que vivem em áreas rurais.

Saiba mais.