Arábia Saudita

A Arábia Saudita é o berço do islã e abriga os dois santuários mais sagrados da religião, em Meca e Medina. Os cristãos enfrentam a perseguição extrema, mas houve uma ligeira diminuição no nível de violência em relação ao ano passado.

Continue lendo
A sharia continua sendo a base da Constituição, logo, se converter a qualquer outra crença que não seja o islã é um crime punível com a morte. Existem duas categorias de cristãos: a primeira é composta por estrangeiros (normalmente ocidentais) e imigrantes (originários de países de baixa e média renda, como Índia, Filipinas e África); a segunda é por ex-muçulmanos.

A revolução da internet fez aumentar o número de convertidos ao cristianismo. Esses novos cristãos fazem parte de uma geração mais ousada em compartilhar sua nova fé. Há uma distância crescente entre a grande população de jovens sauditas e os monarcas mais velhos. A cultura juvenil está mudando sob a influência da TV via satélite e das mídias sociais.

Saiba mais.